Fátima, 04 jul 2018 (Ecclesia) – A diretora do Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja vai orientar hoje uma visita à exposição ‘As Cores do Sol’, a partir das 21h15, na Basílica da Santíssima Trindade, em Fátima

A exposição temporária pretende “recriar, através de vários mecanismos sensoriais”, cenários relacionados com a paisagem do dia da última aparição da Virgem Maria em Fátima, 13 de outubro de 1917.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, o Santuário de Fátima informa que a terceira visita temática de 2018 vai ser orientada pela diretora do Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja (SNBCI), no Convivium de Santo Agostinho.

«A retórica da arte sacra na idade moderna – A propósito da escultura e pintura dos séculos XVI a XVII da exposição ‘As cores do Sol’», é o “ponto de partida” da visita guiada de Sandra Costa Saldanha.

A responsável pelo SNBCI, da Conferência Episcopal Portuguesa, tem um doutoramento em Letras – especialidade História da Arte, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e é investigadora integrada do Centro de Estudos em Arqueologia, Artes e Ciências do Património da mesma instituição.

Ainda estão programadas mais três visitas à exposição ‘As Cores do Sol – A Luz de Fátima no Mundo Contemporâneo’, no piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade.

A propósito da montagem do espólio, Ana Rita Santos vai falar sobre ‘Os desafios de uma exposição à conservação do espólio histórico’, a 1 de agosto, e no dia 5 do mês seguinte, Laura Castro fala d’“A obra de Irene Vilar”, a partir das esculturas “Esta árvore tem dois mil anos” e “Imaculado Coração de Maria”.

“O papel da museologia na apresentação de conteúdos” é o tema da última visita temática que vai ser apresentado por Isabel Roque, a 3 de outubro, e também é de entrada livre.

A exposição ‘As Cores do Sol – A Luz de Fátima no Mundo Contemporâneo’, organizada pelo Museu do Santuário, pode ser visitada todos os dias, das 9h00 às 19h00, até dia 31 de outubro.

O Santuário de Fátima contabiliza que a mostra já foi visitada “por mais de 353 mil peregrinos”, desde a inauguração a 26 de novembro de 2016.

CB/OC

Partilhar:
Share