Fátima, 14 jul 2018 (Ecclesia) – O fundador da Congregação das Irmãs Reparadoras de Nossa Senhora de Fátima, cónego Manuel Nunes Formigão, vai ser recordado, este sábado, numa cerimónia de ação de graças pelo reconhecimento das virtudes heróicas.

A sessão vai decorrer em Fátima e depois da celebração na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, às 11h00, realiza-se a cantata, às 15h15, na Basílica da Santíssima Trindade, “«As maravilhas de Fátima» o apóstolo de Fátima, Padre Formigão”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Este tomarense, nascido no primeiro dia de 1883, foi – nas palavras de D. Manuel Mendes da Conceição – “uma trombeta de Deus”.

Depois de batizado na Igreja de João Baptista, na cidade do Nabão, no mesmo ano de nascimento, Manuel Nunes Formigão faz os estudos superiores, em Roma, e é ordenado presbítero naquela cidade italiana a 4 de abril de 1908.

O padre Formigão faleceu em Fátima, a 30 de janeiro de 1958 e a 14 de abril deste ano o Papa Francisco assinou o decreto com que o declara venerável.

LFS

Partilhar:
Share