Iniciativa decorre entre hoje e domingo, com a presença de D. Rino Fisichella em representação do Papa

Fátima, 22 jun 2018 (Ecclesia) – O Santuário de Fátima vai promover entre hoje e sábado um simpósio teológico-pastoral sobre o “sentido” da mensagem mariana “hoje”.

De acordo com o gabinete de comunicação daquele local de culto, o objetivo é “procurar novas maneiras de dizer Fátima no mundo contemporâneo” e definir “chaves de leitura significativas para a humanidade do século XXI”.

Marco Daniel Duarte, presidente da comissão organizadora do evento, destaca a necessidade de “cem anos” depois das aparições de Nossa Senhora na Cova da Iria, e passada toda a celebração que este ano “evocou esse acontecimento fundante”, perceber “o sentido que Fátima continuará a ter”.

Aquele responsável espera que a experiência deste “primeiro século” traga novas formas de entender e viver Fátima e de continuar a responder “às interrogações” da humanidade.

Este simpósio, que vai ter lugar no salão do Bom Pastor, do Centro Pastoral Paulo VI, contará com a participação do bispo de Leiria-Fátima e futuro novo cardeal português, D. António Marto, e do reitor do santuário, o padre Carlos Cabecinhas.

Entre os oradores estará também o arcebispo Rino Fisichella, responsável pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização, organismo que tutela os santuários.

Na sua intervenção, o representante da Santa Sé irá olhar para o santuário como um “hospital de campanha”, enfatizando a importância que a fé e a devoção têm na vida das pessoas.

A iniciativa vai trazer também a Fátima diversos investigadores nacionais e internacionais, ligados a áreas como a Teologia, a Filosofia e a História.

Com base no acontecimento de Fátima, nomes como o padre José Tolentino Mendonça, os religiosos Ângela Coelho  e Stefano Cecchin (Itália), e o professor Klaus Vechtel (Alemanha) irão refletir sobre “o posicionamento da humanidade perante a temática da presença de Deus”.

Uma questão que, realça o Santuário, está subjacente às origens de Fátima e “continua a ser gritantemente atual” neste tempo.

“A expectativa é a de que possam sair deste simpósio novas maneiras de dizer Fátima, perscrutando a riqueza dos seus temas e encontrando chaves de leituras que possam ser significativas para a humanidade do século XXI, que é, sem dúvida, a humanidade do novo século de Fátima”, antecipa o presidente da Comissão Organizadora do Simpósio.

O Simpósio Teológico-Pastoral terá transmissão em direto, online.

JCP

Partilhar:
Share