Escola Católica é uma realidade importante na Madeira, assinalam responsáveis nacionais

 

 

 

Funchal, Madeira, 09 mar 2018 (Ecclesia) – A Diocese do Funchal vai receber este sábado a formação ‘Educar ao Humanismo Solidário’, para docentes e Escolas Católicas, na Escola da Associação Promotora do Ensino Livre (APEL), a partir das 09h30, com a presença do bispo diocesano.

“A Escola Católica é uma realidade importante na Madeira. Existem 15 colégios na diocese do Funchal, estando a Igreja a realizar um trabalho fundamental no pré-escolar e no primeiro ciclo”, disse a diretora do Departamento da Escola Católica (DEC) do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC), em informação enviada hoje à Agência ECCLESIA.

Ao sítio online Educris, do SNEC, Elisa Urbano assinalou que, em termos de financiamento das escolas, a situação do continente encontra algum paralelo na realidade madeirense.

“Estas escolas, muitas do pré-escolar e do 1.º ciclo, vão sobrevivendo com alguma dificuldade. Também aqui o governo regional está a diminuir o apoio financeiro”, observou a responsável.

A formação é organizada em parceria entre os Departamentos da Escola Católica (DEC) e da EMRC, do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC), e o Departamento da Educação Cristã da Diocese do Funchal.

Os promotores da atividade esperam que participem cerca de 50 professores e mais de 130 agentes educativos da diocese insular.

A formação começa às 09h30, com o bispo da Diocese do Funchal, D. António Carrilho, que vai apresentar a sessão e “acompanhar os trabalhos”, indica o comunicado.

‘Educar à maneira do Evangelho’ é a primeira conferência que vai ser apresentada pelo padre António Héctor de Araújo Figueira, a partir das 10h00.

Depois do intervalo, os trabalhos recomeçam às 11h00, com a coordenadora do Departamento de Catequese do SNEC, Cristina Sá Carvalho, e o tema ‘Desenvolvimento Moral e Religioso dos 5 aos 14 anos’.

Durante a tarde deste sábado, para além de Elisa Urbano com as escolas católicas, os participantes vão ouvir o coordenador nacional da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica, Fernando Moita.

A ação de formação ‘Educar ao Humanismo Solidário’ na Diocese do Funchal, termina depois da Eucaristia na igreja de São João Evangelista, que começa às 17h00, e vai ser presidida pelo vigário-geral, o cónego José Fiel de Sousa.

CB/OC

Partilhar:
Share