Lisboa, 14 abr 2018 (Ecclesia) – A Ordem dos Pregadores (Dominicanos) celebra, este ano, os 800 anos da abertura do seu primeiro convento em Portugal e evoca a data com uma exposição «Dominicanos. Arte e Arquitetura Portuguesa. Diálogos com a modernidade».

A iniciativa que inicia este sábado e decorre até ao dia 10 de junho, no convento de São Domingos, em Lisboa (Alto dos Moinhos), “releva o contributo da encomenda dominicana na renovação da arte sacra e arquitetura religiosa no século XX”, realça um comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

Esta exposição é organizada pelo Centro de Estudos de História Religiosa da Universidade Católica Portuguesa e o Instituto de São Tomás de Aquino e pretende “dar a conhecer os caminhos de aproximação com a arte e arquitetura moderna através de quatro obras desconhecidas do grande público”.

Eduardo Raul da Silva Martins, Manuel da Silva Passos Júnior, Fernando Peres, Fernando Távora, Luiz Cunha, Diogo Lino Pimentel, José Fernando Gonçalves e Paulo Providência são os arquitetos evocados e o itinerário expositivo, que abrange igrejas e conventos localizados em Lisboa, Porto, Fátima, Ourém e Lisboa, “reúne pela primeira vez maquetas, desenhos, fotografias e obras de arte proveniente de diferentes arquivos e instituições”, lê-se na nota.

Partilhar:
Share