Cidade do Vaticano, 12 mar 2018 (Ecclesia) – O cardeal alemão Karl Lehmann, de 81 anos, faleceu este domingo, na cidade de Mainz, anunciou a diocese local.

O Papa Francisco reagiu hoje com “tristeza” à notícia, numa mensagem enviada à Diocese de Mainz, evocando o trabalho do falecido cardeal como “teólogo e bispo”, nos quais “moldou a vida da Igreja e da sociedade”.

“A sua preocupação foi sempre abrir-se às questões e desafios do tempo, dar respostas e orientações a partir da mensagem de Cristo, para acompanhar as pessoas no seu caminho, procurando aquilo que une, para lá dos limites de confissões, crenças e países”, refere o texto.

O falecido cardeal nasceu a 16 de maio de 1936 e foi ordenado padre em outubro de 1963; formado em Filosofia e Teologia, Lehmann acompanhou teólogo jesuíta Karl Rahner, do qual foi colaborador antes e durante o Concílio Vaticano II, e posteriormente nas Universidades de Munique e Münster, recorda o portal de notícias do Vaticano.

O Papa João Paulo II nomeou-o bispo em 1983 e criou-o cardeal em fevereiro de 2001.

D. Karl Lehmann foi presidente da Conferência Episcopal alemã de 1987 a 2008; em 1991, foi secretário-geral na assembleia do Sínodo dos Bispos sobre a Europa.

Como cardeal eleitor, participou em 2005 na eleição do Papa Bento XVI e em 2013 na do Papa Francisco.

OC

Partilhar:
Share