Foto Opus Dei

Lisboa, 03 nov 2018 (Ecclesia) – A prelatura do Opus Dei informa que 34 fiéis de 16 países vão receber hoje o diaconado, às 10h30 locais, na basílica romana de Santo Eugénio, e a ordenação sacerdotal está marcada para 4 de maio de 2019.

No seu sítio online, a prelatura do Opus Dei em Portugal informa que é o arcebispo de Mérida-Badajoz (Espanha), D. Celso Morga, que vai ordenar os novos diácono.

Os 34 futuros diáconos são oriundos de 16 países: Brasil, Colômbia, Espanha, México, Nova Zelândia, Venezuela, Chile, Estados Unidos, Quénia, França, Paraguai, Salvador, Uganda, Filipinas, Peru e Itália.

A prelatura destaca, por exemplo, a história de Paul Kioko que cresceu “entre elefantes, rinocerontes, leões e cobras” no Quénia e depois de vários anos a trabalhar como médico, recebe hoje o diaconado.

Foto Opus Dei Paul Kioko, em criança, com um elefante

“Percebi que, assim como Deus me tinha dado uma vocação de serviço aos doentes como médico, Ele agora estava-me a dar uma vocação de serviço a toda a Igreja como sacerdote. De certa forma, ser médico preparou o caminho para o sacerdócio”, contou Paul Kioko que realizou os estudos de Teologia na Pontifícia Universidade da Santa Cruz em Roma.

A licenciatura e o doutoramento foi em Teologia Moral e explica que a sua tese é “fundamentalmente sobre a virtude da prudência” como elo indispensável entre o “tecnicamente correto” e o “moralmente bom” na tomada de decisões médicas.

“Como médico que trabalhava numa UCI, tinha enfrentado esse dilema muitas vezes: onde traçar a linha e quando dizer ao doente: “basta””, acrescentou Paul Kioko que trabalhou quase 15 anos no Hospital Mater, depois de um ano no Hospital das Forças Armadas.

Em Portugal, a prelatura do Opus Dei começou o trabalho estável em 1946, e a fundação foi em 1928.

É uma prelatura pessoal da Igreja Católica – figura pastoral prevista no Concílio Vaticano II – que “sensibiliza” os cristãos para a importância religiosa da “vida corrente do dia-a-dia, na família e no trabalho”, e oferece uma proposta formativa, teológica, espiritual e apostólica, que passa por retiros, aulas de formação, círculos sobre temas de vida cristã, e acompanhamento espiritual pessoal.

CB

Partilhar:
Share