Visita decorre até 28 de dezembro

Missa de Natal no Iraque. Foto: Lusa

Cidade do Vaticano, 26 dez 2018 (Ecclesia) – O secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, celebrou o Natal com a comunidade católica no Iraque, país onde permanece até esta sexta-feira.

O responsável encontrou-se com o primeiro-ministro Adil Abdul Mahd e membros do Governo, no Palácio Presidencial, onde leu uma mensagem de Natal para o Iraque.

“O Natal é uma festa para todos e sua mensagem é dirigida a todos os homens de boa vontade. Como indivíduos e como comunidades, cristãos e muçulmanos são chamados a iluminar a escuridão do medo e da falta de sentido, a irresponsabilidade e o ódio com palavras e atos de luz, lançando sementes de paz, verdade e justiça”, refere o texto, divulgado pelo Vaticano.

“A alegria e a paz do Natal não são um privilégio a ser mantido estritamente para cada um de nós, mas são um presente a ser compartilhado com os outros e a viver como responsabilidade de construir um futuro de fraternidade e harmonia. Que o Deus da paz, que se tornou nosso irmão, nosso companheiro de viagem, dê alegria e esperança a um futuro melhor para todos os habitantes do amado Iraque”, acrescentou.

Juntamente com o patriarca de Babilónia dos Caldeus, o cardeal Louis Raphael I Sako, D. Pietro Parolin concelebrou a Missa da noite de Natal na Catedral de São José, distrito de Karrada.

“É uma visita muito bem-vinda, especialmente nestes dias em que recordamos o nascimento do Salvador”, referiu ao portal de notícias do Vaticano D. Shlemon Warduni, bispo auxiliar de Bagdad.

Entre as outras atividades programadas, está a visita do cardeal à Igreja sírio-católica de Nossa Senhora da Salvação, onde em 2010 dezenas de fiéis e dois sacerdotes foram assassinados por terroristas islâmicos.

O bispo Shlemon Warduni recorda que “quase um milhão de cristãos deixaram o Iraque”, nos últimos anos, denunciando um plano de “esvaziar o Médio Oriente de cristãos”.

O auxiliar de Bagdad admite que a comunidade católica tem o sonho de “acolher em breve” o Papa Francisco no Iraque.

OC

Partilhar:
Share