Bispo diocesano pede oração, ajuda material e «entusiasmo de todos» nas vocações

Aveiro, 08 nov 2018 (Ecclesia) – O bispo de Aveiro afirma que o seminário diocesano “não é apenas o belo edifício construído no coração da cidade” mas “são os seminaristas que nele vivem” e realça que a pastoral vocacional é um “contínuo trabalho em profundidade”.

Numa nota pastoral pela Semana dos Seminários 2018, D. António Moiteiro explica que o seminário são “os adolescentes que participam nos encontros do pré-seminário, as famílias que sonham com um filho sacerdote”, bem como os jovens que colocam a pergunta “sobre o seu projeto de vida e as comunidades cristãs que desejam pastores segundo o coração de Cristo”.

“O nosso Seminário não é apenas o belo edifício construído no coração da cidade de Aveiro”, afirma no documento ‘Todos somos Seminário de Aveiro’ publicado na festa de São Nuno de Santa Maria, a 6 de novembro.

“Peço a esmola da oração pelo nosso Seminário; a ajuda material para desempenhar, com eficácia, a sua missão; e o entusiasmo de todos, sacerdotes e leigos, em chamarmos para esta bela vocação de entregar a vida na construção de um mundo mais belo e mais fraterno”, desenvolve o bispo de Aveiro.

D. António Moiteiro recorda que a diocese dedica o triénio pastoral 2018-2021 ao tema da vocação para “ajudar a recentrar toda a vida da Igreja em Jesus” e o programa pastoral para o atual ano afirma que aprender “a caminhar com” é próprio dos verdadeiros discípulos de Jesus.

“A pastoral vocacional não pode reduzir-se à capacidade de ser bons animadores e a ações pontuais e isoladas, mas a um contínuo trabalho em profundidade”, observa.

Segundo o bispo diocesano precisam de “aperfeiçoar as atividades pastorais” que já realizam e criar “iniciativas novas que respondam aos problemas”.

Seminário de Aveiro

“A vida comunitária, a vida espiritual e a vida apostólica devem ser capazes de inspirar experiências novas”, salienta.

A nota pastoral de Aveiro foi escrita no âmbito da Semana dos Seminários que este ano tem como tema ‘Formar discípulos missionários’, entre este domingo, dia 11, e 18 de novembro, e existem vários subsídios para a sua vivência.

A nível diocesano existem dois momentos de oração: Uma vigília de oração, no próximo dia 17 pelas 21h00, na igreja de Avanca e no dia seguinte uma Eucaristia, pelas 16h00, na igreja do Seminário.

CB/PR

Partilhar:
Share