Lisboa, 08 nov 2018 (Ecclesia) – O Goethe-Institut Lisboa recebe hoje o debate ‘Religião em tempos de crise internacional’, que vai juntar um padre católico, um estudioso islâmico e um rabino, a partir das 19h00.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, o Goethe-Institut Lisboa informa que os oradores são o padre Anselmo Borges; o estudioso islâmico, Ahmad Milad Karimi, natural do Afeganistão e radicado na Alemanha; e o rabino da comunidade judaica de Lisboa, Natan Peres.

“A religião é frequentemente considerada uma das principais razões para os conflitos globais. Por outro lado, as religiões definem em grande medida um conjunto de valores em sociedades já secularizadas, oferecendo um ponto de partida central para a compreensão internacional”, observa o Goethe-Institut.

Os três oradores convidados vão ajudar a refletir sobre o significado, “25 anos depois”, do “diálogo entre as religiões, e o que o torna tão desafiador”, quando há um “agravamento da crise económica, ecológica e política um pouco por todo o mundo”.

“Em que ponto estamos no entendimento internacional em relação a normas éticas como a solidariedade, a não-violência, o respeito mútuo, o fomento da comunhão do homem, da natureza e do cosmos, enunciados na Declaração para uma Ética Mundial?”, é outra pergunta para o debate desta tarde, a partir das 19h00.

O debate vai ser moderado por Steffen Dix, do CITER – Centro de Investigação em Teologia e Estudos de Religião, da Universidade Católica Portuguesa.

Com entrada livre, o painel ‘Religião em tempos de crise internacional’ vai ter tradução simultânea em português e alemão.

CB/OC 

Partilhar:
Share