Primeiro ato oficial do novo bispo

Porto, 14 abr 2018 (Ecclesia) – O bispo do Porto, D. Manuel Linda, teve este sábado o seu primeiro ato oficial num encontro com os jornalistas, no Paço Episcopal, onde enalteceu a profissão, a sua importância e o contributo dado à sociedade.

“Quis que o primeiro ato de relação com a nova, para mim nova diocese do Porto, fosse por intermédio de vocês, jornalistas na certeza que no tempo de hoje a procura, descoberta e também a transmissão da verdade passa muito pelo jornalismo e jornalismo criterioso.

Valorizo muito, muito a vossa profissão e o vosso contributo para a sociedade”, disse na comunicação aos jornalistas.

Depois de ter tomado posse perante o conselho de consultores da diocese do Porto, D. Manuel Linda encontrou-se com os jornalistas no Auditório do Paço Episcopal e dirigiu ainda uma palavra de apreço ao “núcleo duro da diocese”, a que chamou os “três heróis”.

“Uma palavra para D. António Taipa, D. Pio Alves e D. António Augusto, e também o vigário geral, e todos os que trabalham diretamente a partir deste serviço central”, referiu.

Comparando este núcleo, como um dos componente de uma célula, D. Manuel Linda sublinhou que só faz sentido o trabalho em equipa e em equipa alargada.

“Estes 2 milhões e 200 mil pessoas que vivem, fazem a sua vida nesta área da diocese do Porto, muitos se reveem na dimensão religiosa e outros que caíram no desânimo e indiferença  serão para nós pessoas com quem nos relacionaremos na plenitude do que é humano”, explicou.

O bispo do Porto disse ainda, numa última palavra aos jornalistas, que o seu ministério vai ser exercido na “simplicidade que caracteriza a Igreja” e que procura que o caracterize também.

“Na amabilidade, simpatia e coração grande, isto pode ser documentado a partir do meu antecessor, D. António Francisco, aquele que, na realidade da vida como era, mostrou estas mesmas características”, recordou o prelado.

D. Manuel Linda acrescentou ainda que “não há cópias”, cada um tem uma personalidade própria mas que “estas dimensões são balizas que não podemos ultrapassar”.

Aos jornalistas o bispo do Porto apresentou a continuidade dos responsáveis pelas diversas áreas da diocese e no âmbito da relação com a comunicação alertou que os “padres são profissionais do segredo da confissão” e há âmbitos que não é possivel transigir.

A entrada solene de D. Manuel Linda acontece este domingo, data do seu aniversário, uma realidade a que colocou muitas objeções mas que não terá sido possível modificar.

“Analisados todos os domingos não havia data conveniente e tenho de suportar a coincidência da tomada de posse com o dia de aniversário”, explicou.

Na Conferência Episcopal Portuguesa, o novo bispo do Porto preside à Comissão Episcopal da Missão e Nova Evangelização e é vogal da comissão para a Pastoral Social e Mobilidade Humana.

O lema episcopal de D. Manuel Linda é ‘Sede alegres na esperança’.

A entrada solene do novo bispo do Porto vai estar em destaque, este domingo, nas emissões do programa ECCLESIA (Antena 1) e ‘70×7’ (RTP2).

SN

 

 

Partilhar:
Share