Porto, 17 dez 2018 (Ecclesia) – Faleceu hoje o monsenhor  Virgílio Vieira Resende, na Diocese do Porto, secretário do antigo bispo do Porto D. Júlio Tavares Rebimbas e “figura indissociável da existência da Casa Diocesana de Vilar”.

O velório do monsenhor cónego Virgílio Resende vai decorrer na Igreja da Misericórdia do Porto, a partir desta tarde, e o funeral é amanhã, quarta-feira, às 15h30, na Sé do Porto.

O cónego Virgílio Vieira Resende foi secretário do antigo bispo do Porto D. Júlio Tavares Rebimbas, sendo os dois naturais da Diocese de Aveiro.

Monsenhor Virgílio Resende nasceu no dia 23 de agosto de 1937, em Vagos, e estudou filosofia no Seminário de Santa Joana Princesa, em Aveiro, e Teologia no Seminário dos Olivais, em Lisboa.

Ordenado sacerdote no dia 24 de setembro de 1961 por D. Domingos da Apresentação Fernandes, em Aveiro, monsenhor Virgílio Resende foi vigário paroquial em Ílhavo e depois, entre 1965 e 1997, foi secretário de D. Júlio Tavares Rebimbas ao longo do seu ministério episcopal, primeiro como bispo do Algarve, depois arcebispo de Mitilene e Auxiliar de Lisboa, bispo de Viana do Castelo e arcebispo-bispo do Porto.

Em 1995, o cónego Virgílio Vieira Resende assumiu também a direção da Casa Diocesana de Vilar, na Diocese do Porto, funções que manteve até 2012.

“Além de figura indissociável à existência da Casa Diocesana, sempre cuidou de a manter voltada, essencialmente, para o serviço pastoral dos Secretariados e Movimentos que aqui estão sediados”, lê-se na página da internet da Casa Diocesana de Vilar.

Enquanto diretor da casa que acolhe os serviços da pastoral da Diocese do Porto, o cónego Virgílio Vieira Resende “nunca permitiu que esta se tornasse indiferente à sociedade e ao Mundo, tornando-a testemunha de inúmeros eventos, congressos e ações de formação, promovidas por variadas instituições”, acrescenta a apresentação da Casa Diocesana de Vilar.

PR

Partilhar:
Share