Bispo diocesano presidiu a «procissão da Luz» pelas ruas da cidade

Porto, 27 mai 2018 (Ecclesia) – O bispo do Porto presidiu este sábado à Procissão da Luz pelas ruas da cidade e disse que a sociedade precisa de “ternura” e “proximidade”, convidando a caminhar em conjunto “num forte projeto social”.

“Grande parte dos problemas que hoje enfrenta a nossa sociedade, os ditos problemas fraturantes, são isto mesmo: fraturam porque não há conhecimento da ternura que nos leva ao compromisso”, observou D. Manuel Linda, citado pelo jornal diocesano ‘Voz Portucalense’.

Mais de mil pessoas fizeram o percurso com a imagem de Nossa Senhora, recitando o Terço.

Para D. Manuel Linda, este foi um “belíssimo momento” da vida da Igreja Católica no Porto, “cidade do trabalho, da liberdade e da Virgem”.

“Com Maria, Mãe de Jesus e nossa Mãe, nós estamos comprometidos porque a ternura que sentimos nela é a ternura que depois lhe devotamos”, referiu.

O responsável diocesano sublinhou o simbolismo da luz e do caminhar em conjunto numa mesma direção, como exemplo para a sociedade.

“As sociedades modernas precisam disto: sabermos caminhar na mesma direção num forte projeto social”, insistiu.

A “Procissão da Luz na Cidade da Virgem” teve o seu início nos frutos da caminhada pastoral “Missão 2010”.

OC

Partilhar:
Share