Braga, 10 jul 2018 (Ecclesia) – Os Leigos Missionários da Consolata (LMC) dinamizaram o seu encontro nacional que ficou marcado pelo compromisso de Cláudia Duarte com o grupo laical e pela apresentação do projeto missionário ad gentes ‘Penti Eta Ara’.

Este projeto vai levar duas missionárias – Raquel e Cláudia – até à Argentina para uma experiência de missão que tem a duração de dois meses e começa em agosto.

Atualmente, os Missionários da Consolata têm 26 padres na Argentina, em cinco paróquias, ações de animação missionária, dois colégios e na formação religiosa.

Na informação publicada no sítio online dos missionários, os leigos referem que “o ponto alto” do encontro nacional foi a celebração do compromisso laical de Cláudia Duarte, realizado em Palmeira, na Arquidiocese de Braga.

Os LMC conviveram e partilharam as atividades realizadas no ano pastoral 2017-2018 no encontro que contou com a presença do seu assistente, o padre Bernard Obiero.

Segundo os Leigos Missionários da Consolata, o sentimento geral foi “de grande alegria e satisfação” este sábado e domingo, em Palmeira, na Arquidiocese de Braga, pelo facto do laicado missionário em Portugal “continua a crescer e a dar frutos”.

O Instituto Missionário Consolata está a celebrar 75 anos de presença em Portugal com um jubileu que recorda e celebra a chegada do padre João De Marchi, a 10 de junho de 1943.

A efeméride é assinalada no Calendário Missionário 2019, um “instrumento de animação missionária e apoio a projetos de evangelização”, publicado anualmente pela região portuguesa do instituto missionário.

CB/OC

Partilhar:
Share