“Foram os quatro anos mais felizes da minha vida”, é assim que o sacerdote franciscano capuchinho, Manuel Rito, descreve os anos que esteve em missão em Timor.

Da presença de Fátima, naquele país, recorda a devoção mariana, as procissões nos dias aniversários das aparições e os pastorinhos de Fátima tomados como exemplo nas catequeses.

Partilhar:
Share