Angra do Heroísmo, Açores, 16 ago 2018 (Ecclesia) – A Paróquia de Santa Cruz, Matriz de Lagoa, na Diocese de Angra, está a preparar a publicação de uma biografia de D. Manuel de Medeiros Guerreiro (1891-1978), bispo natural desta comunidade.

“Despertar os habitantes de Santa Cruz para a importância daquele que foi bispo de S. Tomé de Meliapor, Índia, e bispo de Nampula, em Moçambique”, é o objetivo do novo livro, informa o pároco de Santa Cruz, divulga o sítio online ‘Igreja Açores’.

Na sua nota, o padre Nuno Maiato explicou que a publicação que ainda está em construção divide-se em seis capítulos e começa pelos primeiros anos de D. Manuel de Medeiros Guerreiro em Santa Cruz.

O segundo capítulo dedica-se aos anos de formação sacerdotal do prelado e o seguinte sobre o seu regresso aos Açores – memórias e legado – e a sua nomeação como bispo de S. Tomé de Meliapor.

No quarto capítulo vão estar os anos que o bispo açoriano esteve em Nampula, em Moçambique e no quinto “os louvores, as cartas escritas e os últimos anos de vida” do prelado natural de Santa Cruz.

O livro vai terminar com um capítulo que vai resultar das memórias dos habitantes de Santa Cruz sobre o D. Manuel de Medeiros Guerreiro, recolhidos através de “relatos orais”.

O sítio online da Diocese de Angra informa que o trabalho está a ser realizado por Júlio T. Oliveira, sob coordenação do padre Nuno Maiato, e os autores pedem “a todas as pessoas” que tenham informações, fotografias que “possam enriquecer esta biografia” que entre em contacto pelo endereço eletrónico pe.maiato@gmail.com.

  1. Manuel de Medeiros Guerreiro faleceu a 10 de abril de 1978, aos 86 anos de idade, em Santa Cruz, na Lagoa, localidade onde nasceu a 12 de abril de 1891.

Em 1904 ingressou o Seminário Diocesano de Angra, na ilha Terceira, e foi ordenado presbítero a 24 de agosto de 1913 em Rendufinho, concelho de Póvoa de Lanhoso, Distrito de Braga.

Em 1919 concluiu a licenciatura em Teologia, e regressou aos Açores onde foi professor no seminário diocesano de Angra durante 18 anos; Foi nomeado pároco da freguesia da Conceição, em Angra do Heroísmo, e vice-reitor do seminário em 1928.

O Papa Pio XI nomeou-o bispo de São Tomé de Meliapor, do Padroado Português do Oriente (Índia), a 10 de abril de 1937 e tomou posse a 10 de agosto do mesmo ano; A 2 de março de 1951 foi o Papa Pio XII nomeou-o para a Diocese de Nampula, em Moçambique, até 1967.

CB

Partilhar:
Share