Obra do padre Paulo Duarte diz que é necessário «humanizar as redes sociais»

Padre Paulo Duarte, autor do livro ‘Deus como tu’

Lisboa, 19 abr 2018 (Ecclesia) – O padre Paulo Duarte apresentou hoje o seu livro ‘Deus como Tu’, que reúne textos escritos primeiro nas redes sociais, que quer “humanizar”, onde adota como género literário “a partilha”, com o objetivo de trazer Deus para o quotidiano.

Em declarações à Agência ECCLESIA, o sacerdote jesuíta referiu que a obra “é um encontro”, com circunstâncias e questões do quotidiano e tendo em vista o “encontro com Deus”.

“É uma promoção de um encontro com Deus, não no modo abstrato ou religioso, mas próximo”, diz o sublinha o padre Paulo Duarte.

Natural da diocese do Algarve, o padre Paulo Duarte era comissário de bordo quando decidiu ser padre, fez o percurso formativo na Companhia de Jesus e foi ordenado sacerdote jesuíta em 2014.

Após ter publicado durante cinco anos textos nas redes sociais, nomeadamente no ‘Facebook’, decidiu reunir e reescrever muitos desses textos na obra ‘Deus como tu’, na expectativa de que possam “ajudar outros a viverem as suas experiências”.

Dividida em três partes, o livro, editado pela ‘Matéria Prima’, agrupa os textos em torno dos temas “escutar”, “partilhar” e “reconciliar”.

Para o padre Paulo Duarte, “a rede social pode ser uma caminho de humanização”, onde são necessárias presenças que a possam humanizar e valorizar “o que é bom”, continuando a narrativa do livro dos Génesis.

O livro ‘Deus como tu’ do padre Paulo Duarte, sugere textos de reflexão, de poesia, desabafos, questões sociais e teológicas.

O padre Paulo Duarte refere que “Cristo foi o primeiro a partilhar” e “foi reconhecido ao partir do Pão”, considerando por isso que a partilha nas redes sociais é uma dinâmica da experiência cristã.

O livro ‘Deus como tu’ é apresentado esta quinta-feira, no CUPAV, em Lisboa.

PR

Partilhar:
Share