Celebração foi presidida por D. José Traquina

Foto Irmandade da Misericórdia de Tomar

Tomar, 17 dez 2018 (Ecclesia) – A Irmandade da Misericórdia de Tomar admitiu 21 novos irmãos para a sua comunidade, numa celebração presidida pelo bispo de Santarém, D. José Traquina.

De acordo com um comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, o ato solene decorreu este sábado no Lar de Nossa Senhora da Graça, em Tomar.

Na mensagem que dirigiu aos novos membros da Irmandade da Misericórdia de Tomar, o bispo de Santarém destacou um gesto de “compromisso” que vai “contra a corrente” da sociedade atual.

“Hoje esta palavra quase não soa bem, assumir compromisso, assinar um compromisso, é coisa de assunto de reflexão. Na perspetiva cristã, um compromisso é uma afirmação de liberdade”, salientou D. José Traquina.

A Misericórdia de Tomar conta com 508 anos de existência e está empenhada em cerca de duas dezenas de valências e projetos, desde por exemplo o apoio à infância e terceira idade, o auxílio aos mais carenciados, a prestação de cuidados de saúde e a promoção do voluntariado.

JCP

Partilhar:
Share