D. José Ornelas diz que todos são chamados a contribuir para «um país e um mundo melhor»

Setúbal, 11 jan 2019 (Ecclesia) – O bispo de Setúbal afirmou que as eleições que se vão realizar no ano de 2019, em Portugal, “pedem a todos responsabilidade” e “participação ativa”.

“Um cristão, um jovem, que tem idade de votar não se pode abster”, disse D. José Ornelas numa mensagem à diocese, divulgada através do YouTube.

No vídeo enviado hoje à Agência ECCLESIA, o bispo de Setúbal explica que não se pode “deixar que seja outro a decidir”, pelo que, “julgando as coisas à luz da fé”, todos têm de dar o contributo para “um país e um mundo melhor”.

D. José Ornelas apresenta 2019 como um ano que “desafia”, “cheio de eleições” – europeias e legislativas, além das regionais na Madeira -, que pede a todos “responsabilidade”, “abertura de mente” e, sobretudo, “participação ativa”.

A nível pastoral, o bispo de Setúbal lembra que a Igreja diocesana está a articular-se “em iniciativas muito interessantes”, como o biénio da juventude.

“É algo que nos há de ocupar durante estes próximos dois anos e que está a contar com a adesão das paroquias onde foi realizada a visita pastoral”, observa.

A Paróquia da Quinta do Conde, entre 21 e 27 de janeiro, é o próximo destino do bispo sadino que, até 2020, vai visitar todas as paróquias da diocese para se encontrar com jovens, católicos ou não.

Na mensagem, D. José Ornelas começa por agradecer à Diocese de Setúbal as felicitações que recebeu a 5 de janeiro, dia do seu aniversário natalício.

CB/OC

Partilhar:
Share