Fátima: Carmelitas promovem Congresso Mariano Internacional

Fátima, 15 set 2017 (Ecclesia) – A Ordem do Carmo e a Ordem dos Carmelitas Descalços vão organizar um Congresso Mariano Internacional, inspiradas pelo Centenário das Aparições na Cova da Iria, entre hoje e domingo, 17 de setembro, na Domus Carmeli, em Fátima.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, os organizadores informam que o congresso ‘Maria, mãe do Carmelo’ tem o objetivo de “reavivar e aprofundar” a sua espiritualidade mariana, “pois o Carmelo é todo de Maria”.

“Foi sob a sua inspiração e proteção que, no séc. XII, os primeiros frades se reuniram no cimo do Monte Carmelo para cultivarem a relação com o Deus vivo”, explicam a Ordem do Carmo e a Ordem dos Carmelitas Descalços.

O Congresso Mariano Internacional é para a “própria família” da Ordem do Carmo e da Ordem dos Carmelitas Descalços e para “toda a Igreja”, a organização tem disponível também um sítio na internet com informações.

CB/OC

Fátima: Carmelitas promovem Congresso Mariano Internacional

Fátima, 05 set 2017 (Ecclesia) – A Ordem do Carmo e a Ordem dos Carmelitas Descalços vão organizar um Congresso Mariano Internacional, inspiradas pelo Centenário das Aparições na Cova da Iria, entre 15 a 17 de setembro, na Domus Carmeli, em Fátima.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, os organizadores informam que o congresso ‘Maria, mãe do Carmelo’ tem o objetivo de “reavivar e aprofundar” a sua espiritualidade mariana, “pois o Carmelo é todo de Maria”.

“Foi sob a sua inspiração e proteção que, no séc. XII, os primeiros frades se reuniram no cimo do Monte Carmelo para cultivarem a relação com o Deus vivo”, explicam a Ordem do Carmo e a Ordem dos Carmelitas Descalços.

O Congresso Mariano Internacional é para a “própria família” das duas ordens religiosas e para “toda a Igreja”.

Para inscrições e contactos sobre a iniciativa ‘Maria, mãe do Carmelo’ a organização tem disponível o endereço de correio eletrónico geral@congressomarianocarmelita.com e o congresso tem também um sítio na internet.

CB/OC

Fátima: Institutos inspiração Carmelita e Teresiana realizam congresso sobre Itinerários Espirituais

Fátima, 08 jul 2017 (Ecclesia) – Os Institutos Religiosos de inspiração Carmelita e Teresiana estão a organizar um Congresso sobre Itinerários Espirituais, para “colocar a vida espiritual em perspetiva de crescimento”, entre 27 a 29 de outubro, na ‘Domus Carmeli’, em Fátima.

“O acompanhamento espiritual e a abertura ao Espírito Santo são condições necessárias para percorrer um itinerário de vida interior rumo à santidade de vida”, explica a organização do congresso, no sítio na internet da Ordem dos Carmelitas Descalços.

Os Institutos Religiosos de inspiração Carmelita e Teresiana assinalam que como em todas as áreas da vida também “a dimensão espiritual tem diferentes etapas a percorrer” e é preciso identificar em que “etapa” cada um se encontra para “passar à seguinte, evitando assim o risco de estagnar ou até mesmo recuar”.

Com o Congresso sobre Itinerários Espirituais, de 27 a 29 de outubro, em Fátima, acreditam que vão ao encontro das “necessidades de muitos cristãos e suas comunidades eclesiais”.

Do programa destaca-se às 18h00 do primeiro dia a conferência ‘Os contributos da Espiritualidade para o desenvolvimento humano biopsicossocial’, pelo padre Carmelita Carlos Gonçalves.

O segundo dia começa com duas conferências e a partir das 15h00 o painel ‘A experiência orante e espiritual’ apresenta exemplos na Liturgia, no processo de transmissão da fé na família, na escola e através dos “novos recursos orantes”.

O quinto Congresso de Espiritualidade tem como comissão organizadora a Ordem do Carmo; a Ordem dos Carmelitas Descalços; as Carmelitas Missionárias; a Companhia de Santa Teresa (Teresianas); a Instituição Teresiana e as Irmãs Carmelitas do Sagrado Coração de Jesus.

CB

Fátima: Diretor do Museu de Aveiro foi guia na exposição «As Cores do Sol – A Luz de Fátima no Mundo Contemporâneo

Fátima, 04 mai 2017 (Ecclesia) – O diretor do Museu de Aveiro centrou-se no Sacrário do Senhor dos Passos do Convento dos Carmelitas de Aveiro na primeira visita temática à exposição temporária ‘As Cores do Sol- A Luz de Fátima no Mundo Contemporâneo’, em Fátima.

“Esta importante peça de grande significado litúrgico, simbólico e histórico artístico que outrora pertenceu ao convento de Nossa Senhora do Carmo de Aveiro. O Sacrário do Senhor dos Passos serve de síntese atestando a presença de Cristo e nela a promessa de salvação”, disse José Rebocho Cristo esta quarta-feira.

O Santuário de Fátima informa que a visita começou com a explicação da história de como os Carmelitas chegaram a Portugal: “A 3 de março de 1581 liberaram os Carmelitas descalços que se dilatasse o seu instituto a países fora de Espanha, e determinaram que Portugal seria o primeiro a ser contemplado”.

O diretor do Museu de Aveiro explicou que o altar que hoje se apresenta “revestido a talha de ouro, transmitindo a aparência de uma grande unidade”, é resultado de várias alterações que se prolongaram desde a sua fase inicial, “seguramente anterior a 1643, ano em que se celebrou a primeira missa, ate à segunda metade do séc. XVIII”.

“Este belíssimo sacrário é tradicionalmente referido como tendo sido oferecido por Dona Brites de Lara, em cerca de 1643, tendo estado presente na primeira missa, e será posteriormente deslocado até finais do séc. XIX para o vão fronteiro do seu próprio túmulo”, assinalou ainda.

José Rebocho foi o guia da primeira visita temática à exposição temporária “As Cores do Sol- A Luz de Fátima no Mundo Contemporâneo” patente no Convivium de Santo Agostinho, na Basílica da Santíssima Trindade, em Fátima.

Segundo o diretor do Museu do Santuário de Fátima, Marco Daniel Duarte, as visitas pretendem “ser um momento de fruição a partir do património histórico que está exposto”.

A exposição temporária ‘As cores do Sol: a luz de Fátima no mundo contemporâneo’ pode ser visitada até 31 de outubro de 2018 e a segunda visita temática com o tema ‘Fátima e os Papas’ é a 7 de junho.

“Tomando como matéria histórica o dia 13 de outubro de 1917 e os relatos diretos e indiretos sobre o Milagre do Sol, a exposição pretende recriar, através de vários mecanismos sensoriais, cenários relacionados com a paisagem do dia da última aparição da Virgem Maria em Fátima”, informa ainda o Santuário de Fátima.

CB

Centenário: Visita temática à exposição «As Cores do Sol – A Luz de Fátima no Mundo Contemporâneo»

Fátima, 24 abr 2017 (Ecclesia) – A primeira visita temática à exposição «As Cores do Sol – A Luz de Fátima no Mundo Contemporâneo» realiza-se a 03 de maio, no Convivium de Santo Agostinho, Basílica da Santíssima Trindade.

A temática vai estar centrada no Sacrário do Senhor dos Passos do Convento dos Carmelitas de Aveiro e será conduzida pelo diretor do Museu de Aveiro, José Rebocho Cristo, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Esta é a primeira de um conjunto de seis que o Santuário de Fátima propõe a partir de maio, nas primeiras quartas-feiras de cada mês e tem entrada livre.

A exposição temporária «As cores do Sol: a luz de Fátima no mundo contemporâneo» vai estar patente ao público no Convivium de Santo Agostinho, até 31 de outubro de 2018.

Tomando como matéria histórica o dia 13 de outubro de 1917 e os relatos diretos e indiretos sobre o Milagre do Sol, a exposição pretende “recriar, através de vários mecanismos sensoriais, cenários relacionados com a paisagem do dia da última aparição da Virgem Maria em Fátima”.

LFS

Coimbra: Madre Celina, prioresa do Carmelo de Santa Teresa, morreu aos 59 anos

Coimbra, 31 mar 2017 (Ecclesia) – A prioresa do Carmelo de Santa Teresa em Coimbra, Madre Celina de Jesus Crucificado, faleceu hoje aos 59 anos, anunciou a comunidade de Carmelitas Descalças.

A religiosa, natural de Cinfães do Douro, sofria há vários anos de um problema de saúde do foro oncológico.

A Madre Celina “privou muito de perto com a Ir. Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado e trabalhou intensamente com a sua comunidade no seu processo de beatificação e na elaboração da sua biografia ‘Um caminho sob o olhar de Maria’”, refere uma nota divulgada pelos Carmelitas, na sua página de internet.

O seu funeral celebra-se este sábado, às 15h00 no Carmelo de Coimbra.

OC

Publicações: «Nome, reino, vontade de Deus» na revista católica «Communio»

Lisboa, 24 fev 2017 (Ecclesia) – A Revista Internacional Católica ‘Communio’ dedica o seu mais recente número ao tema ‘Nome, reino, vontade de Deus’, dando continuidade à série temática sobre a ‘Oração do Senhor’.

“A nossa atenção incide agora sobre as três primeiras petições que dizem respeito ao próprio Deus: Santificado seja o vosso nome, venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade”, informam os responsáveis pela publicação na apresentação.

Uma curiosidade desta edição 2016 é um poema inédito de 1916, de Afonso Lopes Vieira [1878-1946], intitulado ‘Padre Nosso’: “Deus, à noitinha, que é quando/ as crianças lhe vão rezar,/ sorrindo fica escutando/ as preces que sobem no ar.”

O primeiro artigo é de João Alberto Correia, sacerdote da Arquidiocese de Braga, que começa por fazer análise bíblica sobre ‘As três primeiras petições do Pai Nosso’.

A primeira petição – “Santificado seja o vosso nome” – é da responsabilidade do sacerdote doutorado em Teologia Bíblica Armindo Vaz, da Ordem dos Carmelitas Descalços, que lembra a associação bíblica do “Nome de Deus e da Santidade do Deus” comprometido com o povo de Israel.

Em ‘Jesus e o reino’ é analisada a forma como a invocação “venha a nós o vosso reino” é entendida desde os primeiros séculos da Igreja num artigo do jesuíta francês Michel Fédou, traduzido por Alberto Júlio Silva.

O sacerdote franciscano Isidro Lamelas escreveu na revista ‘Communio’ um texto sobre ‘o Pai Nosso comentado pelos Padres da Igreja – súplicas da primeira parte’ e o sacerdote francês Jean-Robert Armogathe percorre ‘as leituras espirituais dos três primeiros pedidos’ do Pai Nosso.

Por sua vez, o cofundador da edição francófona da Communio’ o leigo Jean Duchesne apresenta um artigo intitulado ‘Da submissão ao dom libertador de si’, enquanto Julia Knop, professora de Teologia Dogmática alemã, em ‘Liberdade – Apreensão – Providência. A vontade de Deus entre o céu e a terra’ dedica-se ao significado de “faça-se a vossa vontade” segundo a doutrina da providência.

A revista internacional católica “continua a acompanhar” o beato Charles de Foucauld e apresenta do religioso francês ‘Meditação sobre o Pai Nosso II’.

Entre outros artigos, o mais recente número da ‘Communio’ sobre ‘Nome, reino, vontade de Deus’ encerra com a secção ‘Perspectivas’ e três contributos em diferentes áreas sobre ambiente, no contexto da Encíclica do Papa Francisco ‘Laudato Si’, o “corpo” a partir da antropologia teológica e ainda a poesia e espiritualidade em Vitorino Nemésio.

CB