Publicações: Apresentação da «Nova Evangelização na Igreja Particular de Bragança-Miranda»

Bragança, 24 nov 2017 (Ecclesia) – O padre Tiago Alves escreveu o livro ‘Nova Evangelização na Igreja Particular de Bragança-Miranda’ que vai ser apresentado na abertura do Ano litúrgico-pastoral da diocese, a partir das 14h00, no dia 1 de dezembro, em Macedo de Cavaleiros.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, o Secretariado das Comunicações Sociais de Bragança-Miranda informa que a nova publicação resulta da dissertação da defesa da Tese de Mestrado Integrado em Teologia apresentada pelo sacerdote no polo regional de Braga, da Universidade Católica Portuguesa.

“Depois do confronto entre a reflexão teológica e o contexto cultural, são apresentadas propostas pastorais renovadas, para que a Igreja local não enfrente os desafios de hoje com respostas de ontem”, explica.

No seu trabalho analisa a conjuntura diocesana a partir do conceito de Nova Evangelização dos Papas S. João Paulo II, Bento XVI e Francisco.

O padre Tiago Alves considera que a paróquia deve ser a primeira instituição a ser repensada para trilhar-se “um (novo) caminho evangelizador”.

Com prefácio de D. José Cordeiro, bispo da diocese transmontana, a publicação foi tem a chancela das Edições Salesianas.

O padre Tiago Alves vai apresentar a obra «Nova Evangelização na Igreja Particular de Bragança-Miranda» no encontro de abertura do Ano litúrgico-pastoral diocesano, a partir das 14h00 de 1 de dezembro, no Centro D. Abílio Vaz das Neves, em Macedo de Cavaleiros.

CB

Vaticano: Papa fez visita surpresa ao Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização

Cidade do Vaticano, 20 dez 2016 (Ecclesia) – O Papa Francisco fez hoje uma visita surpresa ao Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização (Santa Sé) para agradecer o “grande esforço organizativo” do Jubileu extraordinário da Misericórdia.

O jornal do Vaticano, ‘L'Osservatore Romano’, refere que o Papa foi acolhido pelo arcebispo italiano D. Rino Fisichella, Conselho Pontifício para a Promoção da Nova, tendo conversado durante cerca de quinze minutos com todos os presentes.

“Demonstrando um grande sentido de humanidade e de amizade em relação a nós, o Papa quis apresentar pessoalmente os bons votos para as festas de Natal, renovando a sua gratidão por quanto foi feito no ano santo”, referiu D. Rino Fisichella.

OC