Lisboa: «Terço sem fronteiras» este sábado no Padrão dos Descobrimentos

Lisboa, 07 out 2017 (Ecclesia) – O ‘Presépio na Cidade’ e a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) estão a organizar um ‘Terço sem fronteiras’ para convidar Portugal a rezar pela paz, este sábado, às 20h00, no Padrão dos Descobrimentos.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a organização informa que se esperam “muitas pessoas vindas de todo o país”, que vão iluminar a área do Padrão dos Descobrimentos com velas e acompanhar o estandarte de Nossa Senhora, “decorado com toda a devoção”.

O ‘Terço sem fronteiras’ em Portugal está a ser dinamizado pelo ‘Presépio na Cidade’ e a Fundação Ajuda a Igreja que Sofre.

A celebração decorre em associação com os membros do secretariado da AIS na Polónia, que vai “rezar junto de todas as fronteiras” do país, ao longo de mais de 3511 km, com o apoio de 20 dioceses, mais de 200 paróquias e católicos da Eslováquia e da República Checa.

A iniciativa de oração tem o alto patrocínio de D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, por ocasião do encerramento das celebrações do Centenário das Aparições de Fátima.

CB/OC

Vaticano: Papa Francisco agradece terço feito e rezado pelos lobitos da Paróquia de Oiã

Aveiro, 09 ago 2017 (Ecclesia) – O Papa Francisco enviou uma carta de agradecimento à Paróquia de Oiã pelo terço que recebeu dos lobitos do Agrupamento 1143, do Corpo Nacional de Escutas, e concede também a Bênção Apostólica.

“Obrigado por vos associardes a mim nesta peregrinação vivida na esperança e na paz”, lê-se na carta assinada pelo assessor, monsenhor Paolo Borgia.

Na carta dada a conhecer à Agência ECCLESIA pelo pároco de Oiã, na Diocese de Aveiro, o Papa Francisco assegura ter “no coração todos” quantos estão “unidos” a si, em qualquer parte do mundo”.

“Sinto que Jesus vos confiou a mim e, a todos, abraço e confio a Jesus”, acrescenta na carta com data de 22 de julho.

O assessor do pontífice argentino, monsenhor Paolo Borgia, escreve ainda que o Papa concede Bênção Apostólica e confiou à Virgem Mãe o pároco de Oiã, os paroquianos, os lobitos e os seus chefes.

O terço foi feito e rezado “com carinho” pelos lobitos do Agrupamento 1143 da Paróquia de Oiã, na Diocese de Aveiro, que o enviaram para o Papa Francisco a 29 de abril, antes da sua visita ao Santuário de Fátima.

“Fizemo-lo em Fátima onde aprendemos mais sobre Maria e os três pastorinhos”, lê-se na carta enviada pelos escuteiros que explicam que o terço foi “rezado por várias famílias” da alcateia “pela paz no mundo”.

Os lobitos que gostariam que Francisco rezasse pelo terço que fizeram, manifestaram “muita esperança” que o Papa sinta “uma grande alegria”.

CB

Vaticano: Papa destaca oração do terço que «traz a paz aos corações, às famílias, à Igreja e ao mundo»

Cidade do Vaticano, 19 jun 2017 (Ecclesia) – O Papa Francisco enalteceu a importância da oração do terço, numa mensagem enviada ao bispo da Diocese de Gozo, em Malta, e inserida na inauguração dos mosaicos do Santuário da Virgem de Ta Pinu.

Na sua missiva em vídeo, publicada hoje pela Rádio Vaticano, o Papa argentino refere que a oração do terço é um “instrumento poderoso” que deve ser usada “frequentemente”, no sentido em que “traz a paz aos corações, às famílias, à Igreja e ao mundo”.

“Rezando, nós levamos tudo a Deus: os cansaços, as feridas, os medos, mas também as alegrias, os dons, os entes queridos… tudo a Deus. Rezando, nós permitimos a Deus entrar em nosso tempo, acolher e transfigurar tudo o que vivemos”, realça Francisco.

O santuário mariano de Ta Pinu, situado na ilha de Gozo, em Malta, teve origem em 1883 após a aparição de Nossa Senhora a uma camponesa local.

Os três mosaicos agora colocados na entrada principal daquele local de culto representam a Virgem com o Menino, São João Batista e São Paulo.

Para o Papa, eles representam um “abraço” de Cristo e de Maria a todos os peregrinos e visitantes, em particular a de Nossa Senhora com o pequeno Jesus ao colo.

“Uma imagem que põe diante dos nossos olhos a beleza de uma oração contemplativa simples, acessível a todos, jovens e idosos: a oração do Terço”, reforça Francisco.

JCP

Fátima: Terço de Joana Vasconcelos já ilumina peregrinos

Fátima, 12 mai 2017 (Ecclesia) – O Santuário de Fátima iluminou hoje o terço gigante da artista plástica Joana Vasconcelos, que se vai iluminar à noite, assinalando o Centenário das Aparições.

A peça ganhou cor à passagem do Papa Francisco pelo recinto de oração do Santuário de Fátima antes da bênção das velas e da recitação do terço

Na apresentação da obra, a artista plástica disse aos jornalistas que a sua relação com o Santuário de Fátima se transformou com uma “peregrinação”, a partir de 2002, mostrando-se grata por poder fazer parte das celebrações do Centenário das Aparições, “um momento tão importante para Portugal e os portugueses” e poder “colaborar nesta mensagem de paz”.

“Esta mensagem de paz é muito importante neste momento e é muito importante que haja símbolos que ajudem a passar esta mensagem de paz”, acrescentou.

Joana Vasconcelos realçou que a peça ‘Suspensão’ procura refletir “a relação entre o céu, a terra e a luz” e fazer passar “uma mensagem de paz, de tolerância e de amor para o mundo.

O reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, assinalou que a obra tinha a "dificuldade extrema" de se projetar "à escala deste enorme recinto de oração".

"Lançamos o desafio à Joana Vasconcelos para uma obra que marcasse o Centenário das Aparições", relatou, falando "num desafio fora do comum".

‘Suspensão’ foi realizada em resina de polietileno, com iluminação LED, tendo 26 metros de altura.

PR/OC

13 de maio: Terço vai ser rezado em simultâneo em Fátima e em Roma

Fátima, 09 mai 2017 (Ecclesia) – O Santuário de Fátima e a Basílica de Santa Maria Maior, em Roma, vão estar unidos na noite de 13 de maio para a recitação do rosário, com a presença de uma imagem da Virgem Peregrina na capital italiana.

A página na internet da visita do Papa Francisco, do Santuário de Fátima, informa que o bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, vai rezar um dos mistérios da oração do Terço que vai ser transmitida, em direto, para a Basílica de Santa Maria Maior.

O terço vai começar a ser rezado às 21h30 na Cova da Iria (22h30 em Roma) após uma vigília de oração na maior igreja mariana de Roma.

A oração na basílica italiana vai ser rezada diante de uma imagem da Virgem Peregrina de Fátima que chega à Praça de São Pedro esta sexta-feira, dia 12 de maio, às 17h30 locais (16h30 em Lisboa).

O arcipreste da Basílica de São Pedro e vigário-geral do Papa para o Vaticano, o cardeal Angelo Comastri, vai receber a imagem “em comunhão com o Papa Francisco”, que vai estar em Fátima como peregrino.

Depois a imagem vai em procissão até à Basílica de São João de Latrão, para uma vigília de oração.

A página papa2017.fatima.pt informa ainda que vários santuários marianos do mundo, como de Nossa Senhora de Lourdes (França), de Nossa Senhora Aparecida (Brasil) e de Nossa Senhora de Fátima do Rio de Janeiro (Brasil), vão transmitir também em live streaming “todas as cerimónias” da viagem do Papa Francisco à Cova da Iria, a 12 e 13 de maio.

CB/OC