Vicentinos: «Acolher o estrangeiro» no centro do simpósio internacional em Roma

Lisboa, 23 out 2017 (Ecclesia) – A Família Vicentina realizou um simpósio internacional em Roma sobre o tema ‘Acolher o Estrangeiro’ onde participaram cerca de nove mil pessoas e ficou marcado pelo encontro com o Papa Francisco.

“Que São Vicente nos ajude a valorizar o ADN eclesial do acolhimento, da disponibilidade, da comunhão”, disse o Papa Francisco, durante o encontro que começou com momentos musicais e de testemunho.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, a Juventude Mariana Vicentina informa que o terceiro dia de simpósio internacional ficou também marcado por “testemunhos” onde se destacou o da presidente da JMV da Síria, Aida Baladi, sobre “os problemas” de ser jovem católico vicentino num país em guerra.

O encontro em Roma que celebrou 400 anos de carisma, realizado entre 12 e 15 de outubro, terminou com uma Eucaristia presidida pelo superior geral da Congregação da Missão, o padre Tomaz Mavric.

O encontro iniciou-se, no dia 12, com a oração da Medalha Milagrosa que se realizou na belíssima Basílica de São João de Latrão. Este foi o primeiro momento onde os participantes deste Simpósio estiveram juntos em comunhão.

Na sexta-feira dia 13 e no dia seguinte os participantes foram divididos em catequeses por grupos linguísticos: Português, Inglês, Espanhol, Italiano e Polaco.

‘Espiritualidade Vicentina e o seu desafio profético; Formação Vicentina e a comunicação na era da informação’ e ‘os serviços vicentinos: a partir daqui…para onde?’, foram os temas apresentados em português.

“Estes temas incidiram muito na questão da preparação do vicentino enquanto servente dos pobres. Devemos estar espiritualmente, catequeticamente e pessoalmente preparados para ajudar e saber como agir perante situações de pobreza”, explica a juventude ligado à Congregação da Missão.

Os Vicentinos já estão presentes em Portugal há 300 anos e uma centena de peregrinos participaram no encontro em representação dos seus sete ramos: Congregação da Missão, Filhas da Caridade, Associação internacional de Caridade, Sociedade de São Vicente de Paulo, Associação da Medalha Milagrosa, Colaboradores da Missão Vicentina e Juventude Mariana Vicentina.

CB

400 anos do carisma vicentino – Emissão 08-10-2017

Ir ao encontro do outro foi o lema de vida de São Vicente de Paulo, um sacerdote católico francês que fundou a congregação dos sacerdotes da missão, hoje conhecidos em todo o mundo como vicentinos e onde a caridade é a palavra de ordem.

Neste programa Ecclesia saiba mais sobre a história da família vicentina com o provincial dos padres vicentinos, o padre José Alves.

Portugal: Juventude Mariana Vicentina dinamiza missões em Lamego e Lisboa

Lisboa, 12 jul 2017 (Ecclesia) – A Juventude Mariana Vicentina, ligado à Congregação da Missão, está a dinamizar a sua ‘Missão Jovem JMV’ na Paróquia de São Tomás de Aquino, no Patriarcado de Lisboa, e na Paróquia de Salzedas, na Diocese de Lamego.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, a JMV informa que são cerca de 30 jovens que estão a desenvolver atividades missionárias na Paróquia de São Tomás de Aquino e na Paróquia de Salzedas, até dia 16 de julho.

Como objetivo pretendem que a missão desperte as comunidades “para a fé”, aproveitando “a alegria e a ousadia” da juventude para atrair crianças, jovens, adultos e idosos para o caminho do Pai.

Definida num projeto de evangelização, a primeira valência de missão relembra “o papel dos primeiros discípulos”, que num “ato de coragem e convicção partiram na partilha da Boa Nova”.

Do programa desde o dia 8 de julho constam várias atividades “sempre com o escopo de despertar” nos irmãos a chama da fé e “proporcionar uma experiência de encontro com Jesus Cristo”.

Neste contexto, os cerca de 30 jovens têm realizado vigílias de oração, celebrações marianas, rezam o rosário, animam as Eucaristias, organizam atividades e catequeses com crianças e jovens e proporcionam também aos idosos “momentos de animação, encontro e escuta” e visitam pessoas idosas e doentes.

Os dois grupos são acompanhados por dois padres da Congregação da Missão (Vicentinos) e por duas religiosas da Companhia das Filhas da Caridade na ‘Missão Jovem JMV’ na Paróquia de São Tomás de Aquino, no Patriarcado de Lisboa, e na Paróquia de Salzedas, na Diocese de Lamego.

A Juventude Mariana Vicentina está em Portugal há 33 anos e conta atualmente com 26 grupos, para além de uma presença mundial em mais de 66 países, nos cinco continentes.

Iniciado em Paris, é um movimento juvenil com objetivo acompanhar os jovens cristãos no crescimento da sua fé, até à maturidade cristã, e é fruto de um “desejo revelado” nas aparições de Nossa Senhora a Santa Catarina Labouré, Filha da Caridade, em 1830.

CB

Vida Consagrada: Provinciais da Congregação da Missão da Europa reunidos em Fátima

Fátima, 26 abr 2017 (Ecclesia) – Os provinciais da Congregação da Missão estão reunidos, desde domingo até esta quinta-feira, em Fátima para programarem as linhas de ação dos vicentinos

Esta reunião magna dos vicentinos, com a presença do superior geral da congregação, conta com cerca de 20 participantes, desde Espanha ao Líbano, e Portugal é o país organizador, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Logo no primeiro dia, o padre Nélio Pita falou do carisma vicentino na Europa e os trabalhos encerram com propostas para a próxima assembleia.

LFS

Óbito: Faleceu o padre vicentino Agostinho Teixeira de Sousa

Lisboa, 19 mar 2017 (Ecclesia) – Faleceu esta sexta-feira o padre Agostinho Teixeira de Sousa, superior da comunidade dos vicentinos, em Lisboa, informou a Congregação da Missão em comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

O padre Agostinho Teixeira de Sousa faleceu no IPO, em Lisboa, e o corpo esta em câmara ardente a partir das 17h00 horas deste domingo, na paróquia de São Tomás de Aquino, onde vai decorrer uma vigília pelas 18h30.

O funeral do padre Agostinho Teixeira de Sousa realiza-se esta segunda-feira, às 11h00 na igreja paroquial de São Tomás de Aquino, em Lisboa, seguindo para a capela de Pedra Maria em Varziela, Felgueiras, onde vai ser celebrada uma Eucaristia pelas 17h00.

O padre Agostinho Teixeira de Sousa tinha 61 anos, nasceu em Varziela, Felgueiras, de onde saiu para Braga, aos 11 anos, para estudar no Seminário dos Padres Vicentinos.

Ordenado sacerdote no dia 27 de julho de 1980, em Santa Quitéria Felgueiras, por D. António Ferreira Gomes, o sacerdote vicentino foi pároco nas dioceses do Porto, Beja, Santarém e Portalegre-Castelo Branco.

Na Congregação da Missão, o padre Agostinho dinamizou as ‘Missões Populares’, tendo participado em mais de 30, nas dioceses de Beja, Lamego, Vila Real, Portalegre-Castelo Branco, Santarém e Setúbal.

Capelão militar durante 6 anos, o sacerdote vicentino foi ecónomo na Província Portuguesa da Congregação da Missão, coordenador das ‘Missões Populares Vicentinas’, conselheiro provincial e o de superior de diversas comunidades, atualmente na da Luz, em Lisboa.

Nos últimos meses, o padre Agostinho Teixeira de Sousa deu um contributo relevante às celebrações dos 300 anos de presença em Portugal da Congregação da Missão e dos 400 do carisma vicentino, que estão a decorrer este ano.

PR

Vicentinos: Celebrar um carisma e projectá-lo no futuro – Emissão 29-01-2017

Domingo, 29 de janeiro – É um duplo aniversário: a sociedade de São Vicente de Paulo celebra 400 Anos do carisma Vicentino e os 300 anos da presença da Congregação da Missão, em Portugal. Junto do padre Nélio Pita, do provincial José Augusto Alves e do vicentino António Moutinha encontramos a atualidade da caridade organizada e da formação cultural e pastoral.

Funchal: Conferência sobre «Quem é a Igreja?»

Funchal, 10 jan 2017 (Ecclesia) – A Escola Teológica da Diocese do Funchal promove hoje uma conferência sobre «Quem é a Igreja?» proferida pelo padre Gil Pereira.

A conferência deste padre da Congregação da Missão (Vicentinos) aborda a perspetiva teológica-dogmática da Igreja e insere-se num ciclo abrangente que esta instituição da Diocese do Funchal está a realizar até ao dia 11 de julho, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A conferência seguinte, dia 14 de fevereiro, tem como orador o padre Ignácio Rodrigues e aborda a perspetiva litúrgico-musical da Igreja.

A 14 de março o padre Héctor Figueira aborda perspetiva teológico-pastoral da Igreja.

As conferências começam às 19:30.

LFS

Funchal: Conferência sobre «Quem é a Igreja?»

Funchal, 03 jan 2017 (Ecclesia) – A Escola Teológica da Diocese do Funchal promove, no dia 10 deste mês, uma conferência sobre «Quem é a Igreja?» proferida pelo padre Gil Pereira.

A conferência deste padre da Congregação da Missão (Vicentinos) aborda a perspetiva teológica-dogmática da Igreja e insere-se num ciclo abrangente que esta instituição da Diocese do Funchal está a realizar até ao dia 11 de julho, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A conferência seguinte, dia 14 de fevereiro, tem como orador o padre Ignácio Rodrigues e aborda a perspetiva litúrgico-musical da Igreja.

A 14 de março o padre Héctor Figueira aborda perspetiva teológico-pastoral da Igreja.

As conferências começam às 19:30.

LFS