(Foto: Luís Santos/AE) Congregação para a Doutrina da Fé

Cidade do Vaticano, 14 mai 2018 (Ecclesia) – A Congregação para a Doutrina da Fé da Santa Sé vai promover o Simpósio Internacional de Estudos ‘A Inquisição romana e os seus Arquivos’, entre esta terça-feira e quinta, de 15 a 17 de maio, em Roma.

O prefeito da congregação, D. Luis Ladaria Ferrer, é o responsável pela abertura dos trabalhos do simpósio e as conclusões vão ser apresentadas pelo diretor do arquivo da Congregação para a Doutrina da Fé, D. Alejandro Cifres, e a estudioso alemão Herman Schwedt.

A organização conta com a presença de 40 investigadores de Itália e de vários outros países da Europa, dos Estados Unidos da América e do Canadá.

‘As fronteiras da pesquisa; As inquisições: lugares e pessoas; A Inquisição entre narrativa, cinema e publicidade’, são os temas em análise durante os três dias de encontro.

O ‘Vatican News’ informa que o evento internacional vai ter lugar junto à Biblioteca do Senado, em Roma, na ‘Insula Dominicana de Santa Maria Sopra Minerva’, ligada a acontecimentos relacionados com as Congregações do Santo Ofício e do Índice dos Livros Proibidos.

O simpósio sobre a Inquisição vai assinalar os 20 anos da abertura dos arquivos da congregação católica que foi um marco para os estudos sobre a inquisição romana.

De recordar que foi em janeiro de 1998 que abriram o arquivo da congregação que admitia estudiosos para pesquisas, numa cerimónia presidida pelo então prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé – cardeal Joseph Ratzinger – o agora Papa emérito Bento XVI.

O sítio na internet contextualiza que o simpósio, entre 15 e 17 de maio, faz parte do 4.º encontro do ciclo ‘Memoria Fidei’, inaugurado em 2013, como um fórum permanente de colaboração e atualização entre arquivos eclesiásticos.

CB

Partilhar:
Share