Grupo de estudantes tem coordenação do professor e ensaísta Andrea Monda

Cidade do Vaticano, 08 mar 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco escolheu um grupo de jovens estudantes para a redação das meditações da Via-Sacra do Coliseu, que decorre na Sexta-feira Santa, este ano a 30 de março, pelas 21h15 (menos uma em Lisboa).

A sala de imprensa da Santa Sé anunciou hoje que a preparação dos textos vai ser coordenada pelo professor Andrea Monda, ensaísta que passou por Portugal no último mês de novembro.

Os estudantes são oriundos de um “liceu clássico romano”, onde o docente leciona a disciplina de Religião.

Andrea Monda protagoniza o ‘Buongiorno professore’, programa da TV2000, estação da Conferência Episcopal Italiana.

O professor e ensaísta marcou presença na última edição das Jornadas de Teologia Prática, promovida pela UCP em Lisboa.

“Sinto-me como um missionário, no centro de Roma”, observou então, a respeito do seu trabalho com os jovens estudantes, privilegiando “o caminho da narração, da imagem”.

Em 2017, as meditações foram escritas pela  biblista francesa Anne-Marie Pelletier.

Todos os anos, o Papa pede a um autor diferente a redação dos textos de reflexão apresentados nas estações da Via Sacra de Sexta-feira Santa, seguida por dezenas de milhares de peregrinos, com velas na mão.

No atual pontificado, as meditações tinham também sido confiadas ao cardeal Béchara Boutros Raï, patriarca de Antioquia dos maronitas (Líbano), com a colaboração de vários jovens do seu país (2013); ao arcebispo italiano D. Giancarlo Maria Bregantini (2014); ao bispo italiano D. Renato Corti, antigo responsável pela diocese de Novara (2015); e ao cardeal Gualtiero Bassetti, da diocese italiana de Perugia (2016).

Em 2018, o Vaticano recebe uma assembleia do Sínodo dos Bispos, dedicada aos jovens.

OC

Partilhar:
Share