Papa recebeu, em audiência no Vaticano, os membros do Movimento Apostólico para Cegos

Cidade do Vaticano,  17 nov 2018 (Ecclesia) – O Papa recebeu, este sábado em audiência, os membros do Movimento Apostólico para Cegos, por ocasião dos 90 anos de nascimento da sua Associação.

A Associação nasceu de um sonho de Maria Motta, da Argentina, que quis reunir os cegos do seu tempo e “daquela semente” desenvolveu-se a Associação.

“De maneira profética a sua fundadora quis reunir os cegos do seu tempo, para que se pudessem encontrar e ajudar mutuamente.

Hoje vocês estão fortemente unidos num único ideal de partilha e promoção da pessoa com deficiência, por causa da amizade natural cristã, que caracteriza seu percurso de fé”, referiu o Papa.

Francisco adiantou ainda que a Associação agora com 90 anos “pode compreender melhor o seu carisma” composto, essencialmente, da “partilha entre os cegos, como fruto da solidariedade, em vista de um fecundo processo de inclusão eclesial e social, e a escolha dos pobres, que é própria da Igreja”.

“Assim cooperam com o crescimento de uma Igreja pobre para os pobres, sabendo que eles têm muito a ensinar-nos; colocá-los no centro das atividades é um meio privilegiado de evangelização.

O compromisso concreto de ajudar e apoiar os pobres torna-vos protagonistas na obra de evangelização da Igreja entre os excluídos. Vocês são chamados a descobrir Cristo na pessoa deles, dando-lhes voz e alegria de viver”, concluiu.

SN

Partilhar:
Share