Francisco critica comunidade internacional pela falta de acordo para a paz

Cidade do Vaticano, 15 abr 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco mostrou-se hoje “profundamente preocupado” com a escalada de violência na Síria, deixando críticas à comunidade internacional pela falta de um acordo para a paz.

“Estou profundamente preocupado com a atual situação mundial, na qual – apesar dos instrumentos ao dispor da comunidade internacional – se tarda a acordar uma ação comum em favor da paz na Síria e noutras regiões do mundo”, disse, perante milhares de peregrinos reunidos no Vaticano para a recitação da oração pascal do ‘Regina Coeli’.

Francisco disse rezar pela paz e convidou todas as pessoas de boa vontade a fazer o mesmo, antes de apelar de novo aos responsáveis políticos, “para que prevaleçam a justiça e a paz”.

A intervenção foi sublinhada com uma salva de palmas, pela multidão.

Os EUA, França e o Reino Unido lançaram um conjunto de ataques com mísseis, na madrugada de sábado, contra três alvos associados, alegadamente, à produção e armazenamento de armas químicas na Síria.

A decisão foi justificada com um presumível ataque químico realizado no dia 7 de abril, perto de Douma, Síria, que matou pelo menos 45 pessoas e deixou centenas de feridos.

OC

Partilhar:
Share