Iniciativa assinala II Dia Mundial dos Pobres

Cidade do Vaticano, 16 nov 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco fez hoje uma visita surpresa à Unidade Móvel de Saúde instalada na Praça de São Pedro, por ocasião do II Dia Mundial dos Pobres, que a Igreja Católica assinala este domingo.

A iniciativa insere-se nas chamadas ‘sextas-feiras da misericórdia’, lançadas durante o Jubileu da Misericórdia, entre 2015 e 2016.

Francisco esteve no local durante vários minutos, acompanhado pelo presidente do Conselho Pontifício para a Nova Evangelização (Santa Sé), D. Rino Fisichella, com quem regressou, a pé, para a sua residência.

O Vaticano alberga, ao longo desta semana, uma unidade móvel de saúde, com atendimento gratuito para pessoas necessitadas, na Praça de São Pedro, incluindo consultas de medicina geral, cardiologia, infeciologia, ginecologia e obstetrícia, podologia, dermatologia, reumatologia, oftalmologia e um laboratório de análises clínicas.

No domingo, o auditório Paulo VI vai receber mais de 3 mil convidados do Papa, para um almoço que assinala o II Dia Mundial dos Pobres, após a Missa na Basílica de São Pedro.

À imagem do que aconteceu em 2017, Francisco vai sentar-se à mesa com os pobres, um gesto que se vai repetir em refeitórios de muitas paróquias, universidades, organizações assistenciais e associações de voluntariado que aderiram à iniciativa.

Na sua mensagem para este II Dia Mundial dos Pobres, celebrado pelas comunidades católicas no penúltimo domingo do ano litúrgico, o Papa alerta para as “consequências sociais dramáticas” da pobreza.

OC

Mensagem do Papa Francisco para o dia Mundial dos Pobres

Partilhar:
Share