Viagem acontece a convite de Mohammed VI

Cidade do Vaticano, 13 nov 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco vai visitar Marrocos de 30 a 31 de março de 2019, anunciou hoje o Vaticano.

A viagem apostólica, a convite do rei Mohammed VI e dos bispos católicos do país africano, vai passar pelas cidades de Rabat e Casablanca.

A sala de imprensa da Santa Sé não adianta mais detalhes, indicando que “o programa da viagem será publicado a seu tempo”.

Esta será a segunda visita de um Papa a Marrocos, nação que acolheu São João Paulo II, em 1985, no reinado de Hassan II.

O atual monarca, Mohammed VI, tinha enviado uma carta a Francisco para sublinhar a vontade de o receber em território marroquino, como sinal de colaboração nos campos da paz e do diálogo entre religiões.

Em 68 meses de pontificado, o Papa fez 24 viagens internacionais, nas quais visitou 37 países: Brasil, Jordânia, Israel, Palestina, Coreia do Sul, Turquia, Sri Lanka, Filipinas, Equador, Bolívia, Paraguai, Cuba, Estados Unidos da América, Quénia, Uganda, República Centro-Africana, México, Arménia, Polónia, Geórgia, Azerbaijão, Suécia, Egito, Portugal, Colômbia, Mianmar,  Bangladesh, Chile, Peru, Irlanda, Lituânia, Letónia e Estónia, bem como as cidades de Estrasburgo (França), onde passou pelo Parlamento Europeu e o Conselho da Europa; Tirana (Albânia); Sarajevo (Bósnia-Herzegovina); e Lesbos (Grécia).

Francisco realizou ainda 22 viagens na Itália, incluindo a primeira visita do pontificado, a passagem pela ilha de Lampedusa.

No início de 2019, o Papa vai deslocar-se ao Panamá, entre 23 e 28 de janeiro, para presidir às Jornadas Mundiais da Juventude.

OC

Partilhar:
Share