«Não desanimem perante as dificuldades», pediu Francisco aos religiosos da ordem com 490 anos

Cidade do Vaticano, 14 set 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco disse hoje aos 250 participantes do Capítulo Geral da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, que recebeu em audiência, esta manhã, no Vaticano, que as pessoas precisam ser acolhidas, ouvidas e iluminadas com amor.

“Sejam mestres de oração e cultivem uma forte espiritualidade. Sejam testemunhas de unidade, comunhão e diálogo”, pediu o Papa, observando que a realidade atual mostra sinais de desconforto espiritual e moral.

Segundo o sítio online ‘Vatican News’, Francisco, lembrando os mártires e testemunhas da fé dos Frades Capuchinhos, afirmou que a santidade deles “confirma a fecundidade do carisma e os sinais da identidade” e exemplificou: “A consagração total a Deus até ao martírio; a vida simples entre as pessoas; a sensibilidade com os pobres; o acompanhamento espiritual, com proximidade e humildade.”

O Papa destacou que a “identidade carismática, enriquecida” pela variedade cultural da Ordem religiosa, é mais do que “válida e atraente, hoje, para os jovens”, que procuram “autenticidade e essencialidade”.

“Peço-lhes que não desanimem perante as dificuldades, como a diminuição do número dos Frades em determinadas áreas, mas renovem sempre a confiança e a esperança com a ajuda da graça de Deus”, disse aos frades da ordem religiosa que completou 490 anos, este ano.

A reunião magna dos Franciscanos Capuchinhos começou a 26 de agosto e termina este domingo, 16 de setembro, no Colégio Internacional São Lourenço de Brindes, em Roma.

Destaca-se a eleição do novo superior-geral para os próximos seis anos, o frade italiano Roberto Genuin, da Província italiana de Veneza, que substitui o suíço Mauro Jöhri que foi responsável pela Ordem nos últimos 12 anos (2006-2012 / 2012-2018).

Cerca de 10 mil Capuchinhos, presentes nos cinco continentes, foram representados por 188 capitulares que se dedicaram também ao documento ‘Ratio Formationis Ordinis’, para a formação a nível mundial.

“Vocês devem esforçar-se para viver as relações e as atividades religiosas com gratuidade, humildade e mansidão. Assim, poderão realizar, com gestos concretos e diários, o estilo próprio dos Frades ‘Menores’, que caracteriza os seguidores de Francisco de Assis”, salientou o Papa, divulga o sítio online ‘Vatican News’.

De Portugal estão a participar o superior provincial dos Capuchinhos, o frei Fernando Alberto Cabecinhas, o frei Luís Leitão, que representa os “irmãos não sacerdotes dos Capuchinhos de Espanha e Portugal”, e ainda se conta a presença de frei Fernando Ventura na equipa de tradutores.

‘Aprendei de mim… e encontrareis’ é o tema do 85.º Capítulo Geral dos Frades Menores Capuchinhos, que pode ser acompanhado online, e é amigo do ambiente, informam os religiosos que contabilizaram os custos da compra de materiais, papel, tinta e impressão e optaram por um “tablet” para cada capitular.

CB

Partilhar:
Share