«Fiat voluntas tua» (Seja feita a tua vontade) é o lema do novo bispo português

Guarda, 25 mai 2018 (Ecclesia) – D. António Luciano, bispo eleito da Diocese de Viseu, escolheu o lema episcopal ‘Fiat voluntas tua’ – Seja feita a tua vontade –, que vai constar no brasão com elementos da vida e da região de origem do novo prelado, a Serra da Estrela.

Numa nota enviada hoje à Agência ECCLESIA, a Diocese da Guarda informa que D. António Luciano pediu “um brasão simples” que fizesse referência à região que o viu nascer, “sem esquecer a palavra de Deus e a Virgem Maria”.

Neste contexto, a insígnia episcopal, que está a ser desenvolvido pelo arquiteto António Saraiva, vai ter “alguns elementos” relacionados com referência à Serra da Estrela, evocando Nossa Senhora da Estrela, aos rios Alva e Mondego, e “à candeia como fonte de luz e distintivo do curso de enfermagem”.

A celebração da ordenação episcopal de D. António Luciano vai começar às 16h00 de 17 de junho, na Sé da Guarda; o início da atividade pastoral na Igreja viseense está marcada para 22 de julho.

O bispo da Guarda, D. Manuel Felício, já nomeou a comissão organizadora da ordenação episcopal do futuro bispo de Viseu, nomeado pelo Papa Francisco a 3 de maio.

O báculo vai ser oferecido pelos padres da diocese; o anel episcopal pela sua paróquia de origem, Sandomil, em Seia; a cruz peitoral por pessoas ligadas à Unidade Local de Saúde da Guarda; a Mitra e outras vestes litúrgicas por pessoas da Universidade da Beira Interior.

O até agora vigário episcopal para o Clero da Guarda, vai suceder em Viseu a D. Ilídio Leandro, de 67 anos, que renunciou por motivos de saúde.

D. António Luciano nasceu a 26 de março de 1952, em Corgas, freguesia e Paróquia de Sandomil, em Seia, no distrito e Diocese da Guarda.

O prelado trabalhou como enfermeiro nos Hospitais da Universidade de Coimbra e fez o serviço militar em Moçambique.

Aos 28 anos de idade, começou o percurso para a formação sacerdotal no ISET, em Coimbra, continuando os estudos no Seminário da Guarda; D. António Luciano foi ordenado diácono a 8 de dezembro de 1984 e presbítero a 29 de junho de 1985, na Sé da Guarda.

CB/OC

Partilhar:
Share