Ordenação Episcopal  marcada para 17 de junho, às 16h00, na Sé da Guarda

Guarda, 03 mai 2018 (Ecclesia) – O bispo da Guarda saudou hoje a nomeação do cónego António Luciano Santos Costa, originário de Seia, como novo bispo da Diocese de Viseu.

Em declarações à Agência ECCLESIA, D. Manuel Felício realça o “perfil” do novo bispo, considerando que “é o que a Igreja Católica precisa”.

“Sabe trabalhar em rede, em equipa com outros padres, que sabe deixar-se ajudar. Aborda os problemas com coragem mas também com humildade, sabe trabalhar no silêncio e que tem sempre presente às grandes causas”, realçou.

D. Manuel Felício informa que a ordenação episcopal está marcada para 17 de junho, às 16h00, na Sé da Guarda; o início da atividade pastoral como bispo de Viseu vai acontecer a 22 de julho.

O bispo da Guarda evoca ainda alguém “muito próximo de todos”, a começar pelo clero, “com uma grande capacidade de compreensão”.

“Esta presença junto de qualquer presbitério é muito importante, porque o bispo em grande medida só é aquilo que conseguir fazer para o seu presbitério, porque sozinho não vai a lado nenhum. Penso que é este perfil que a Igreja precisa”, realça D. Manuel Felício.

Numa nota pastoral, publicada na página da Diocese da Guarda, D. Manuel Felício elogia a “dedicação” do novo bispo português “como pastor de várias comunidades paroquiais”, ao longo das três décadas de ministério sacerdotal.

“Deus providenciará, não apenas para encontrarmos quem o substitua nas muitas tarefas pastorais que lhe estão confiadas, mas também e principalmente com o despertar de novas vocações sacerdotais, que venham trazer renovada esperança às nossas comunidades agora especialmente interpeladas pela assembleia diocesana em processo de receção”, acrescenta.

O Papa Francisco nomeou hoje como bispo de Viseu o cónego António Luciano dos Santos Costa, vigário episcopal para o Clero da Guarda, sucedendo a D. Ilídio Leandro, de 67 anos, que renunciou por motivos de saúde.

A informação foi comunicada à Agência ECCLESIA pela Nunciatura Apostólica em Portugal.

O novo bispo português nasceu a 26 de março de 1952, em Corgas, freguesia e paróquia de Sandomil (Seia), Distrito e Diocese da Guarda.

D. António Luciano dos Santos Costa trabalhou como enfermeiro nos Hospitais da Universidade de Coimbra; depois de cumprir o serviço militar em Moçambique, retomou funções nos Hospitais da Universidade de Coimbra, completando a formação em Enfermagem.

Iniciou o percurso para a formação sacerdotal no ISET (Coimbra), aos 28 anos de idade, prosseguindo os estudos no Seminário da Guarda; foi ordenado diácono a 8 de dezembro de 1984 e padre a 29 de junho de 1985, na Catedral da Guarda.

JCP/OC

Partilhar:
Share