Papa gravou mensagem para a semana nacional da Vida Consagrada na Espanha

Cidade do Vaticano, 06 abr 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco afirmou que “recuperar as raízes para profetizar” é o grande desafio na juventude, que dispensa qualquer “campanha eleitoral” ou “comercial”, numa mensagem à semana nacional dos Institutos de Vida Consagrada, que decorre em Madrid.

“Estamos a tempo para fazer sonhar homens e mulheres que depois darão aos jovens a capacidade de profetizar. Hoje, mais do que nunca, é necessário que os jovens tenham um diálogo com os idosos; entre avós e netos, um diálogo intergeracional de alto nível”, disse o pontífice na videomensagem.

O encontro intitulado ‘Chamou os que amou. Jovens, discernimento e vida consagrada’, está em sintonia com o tema do próximo Sínodo dos Bispos, que se vai realizar entre 3 e 24 de outubro, em Roma.

O Papa Francisco refere aos membros dos Institutos de Vida Consagrada em Espanha que não é necessário “fazer campanha eleitoral, nem do tipo comercial” devido à da falta de vocações.

“O chamamento de Deus não se encaixa nos modelos de marketing, é outra coisa; Coragem e vão em frente”, motivou, pedindo também “que se divirtam e não percam o sentido de humor”.

Neste contexto, disse que não se pode “ficar nas “lamentações”, a pensar em “glórias passadas.

Francisco acrescentou que é preciso estar atento para “não fazer proselitismo” mas procurar “modos para abrir caminhos para que o Senhor possa falar” e “chamar”.

A 47.ª semana nacional dos Institutos de Vida Consagrada em Espanha conta com mais de 700 participantes, em Madrid, onde se destacam os cardeais Carlos Osoro Sierra, arcebispo de Madrid, e Óscar Rodríguez Maradiaga, coordenador do chamado C9 do Papa argentino, o arcebispo José Rodríguez Carballo, secretário-geral da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica (Santa Sé), e o prior da Comunidade Ecuménica de Taizé (França), o irmão Alois.

CB/OC

Partilhar:
Share