Bispo de Bragança-Miranda sublinhou que a Igreja precisa dos mais novos

Bragança, 21 abr 2018 (Ecclesia) – O bispo de Bragança-Miranda pediu hoje aos jovens que sejam “destemidos” na luta por “profundos ideais” como a “paz, amor, confiança, equidade, liberdade e justiça”, sublinhando que a “Igreja” precisa dos mais jovens.

“A Igreja precisa de jovens, a Diocese de Bragança-Miranda precisa de jovens destemidos que lutem por altos e profundos ideiais sem desistir: paz, amor, confiança, equidade, liberdade e justiça”, afirmou D. José Cordeiro, por ocasião do dia Diocesano da Juventude.

A partir de três verbos propostos para a semana de oração pelas vocações, escutar, discernir e viver, D. José Cordeiro assinalou “sinais de primavera” na diocese.

“A Igreja presente em Bragança-Miranda tem necessidade de novas vocações ao sacerdócio e à vida consagrada para continuar fiel ao Evangelho e a viver da Eucaristia nos desafios da cultura contemporânea”.

Aos cerca de 500 jovens reunidos em Vimioso, o prelado destacou a “oração intensa, continuada e confiante” como passos para uma vocação discernida.

“A vocação não é uma realidade estática, mas dinâmica e de permanente discernimento para todos, novos e velhos, clero e leigos”, indicou, sublinhando o quão as paróquias devem ser lugares “autenticamente” cristãos onde “se celebra o Mistério, se escuta a Palavra e se contempla o rosto do Amor”.

Foto: Diocese de Bragança-Miranda

D. José Cordeiro apontou o Seminário e as casas de formação como “escolas do Evangelho da Vocação”, ao serviço da formação de “futuros” sacerdotes e consagrados.

A Igreja católica assinala até amanhã, dia 22, a Semana de Oração pelas Vocações, tendo a diocese de Bragança-Miranda sido este ano a responsável pelas propostas formuladas.

LS

Partilhar:
Share