Projeto católico português esteve há um ano na exposição de tecnologia e empreendedorismo

Lisboa, 08 nov 2018 (Ecclesia) – A plataforma digital de oração ‘Click to Pray’, criada pelo Apostolado de Oração em Portugal, duplicou em um ano o número de utilizadores e vai apresentar em breve ao público uma nova versão da aplicação.

Em entrevista hoje à Agência ECCLESIA, o padre António Valério, responsável pelo projeto, destaca a passagem de “620 mil utilizadores” para “mais de um milhão e duzentos mil”, entre novembro de 2017 e o mesmo mês deste ano.

Um crescimento que, segundo o sacerdote, foi muito sustentado na presença do projeto na Web Summit, conferência de tecnologia que este ano voltou a ter lugar em Lisboa.

Na altura, a aplicação ‘Click to Pray’, que permite por exemplo aceder através da internet e em vários formatos (windows, android e ios) a vários momentos de oração e também às propostas de oração do Papa, foi selecionada com mais outras 200 startups mundiais para estar naquele evento internacional.

“O balanço que se faz é muito positivo”, salienta o padre António Valério, pois esta presença, como os números indicam, “despertou o interesse de mais pessoas”, deu-lhe uma maior “visibilidade”, e possibilitou também o contacto com “investidores” e com “grandes empresas de tecnologia”, de modo a consolidar o percurso que este projeto católico está a trilhar.

O diretor nacional da Rede Mundial de Oração do Papa em Portugal dá como exemplo os “contactos que foram estabelecidos com a Google e com o serviço de internet da Amazon, com quem o projeto ‘Click to Pray’ já trabalhava, e que assim saíram reforçados”.

A nova versão da aplicação ‘Click to Pray’, que vai ser lançada até final do ano, ou no limite por altura da próxima jornada mundial da juventude, em janeiro de 2019, será já um fruto de todo este percurso, de toda a “aprendizagem” feita também na Web Summit.

“Nós ainda estamos a funcionar com a versão que foi feita para a primeira aplicação, a versão portuguesa de 2014, e com o aumento da comunidade, dos acessos, e o desenvolvimento da tecnologia era necessário reelaborar toda a plataforma desde a raiz. E tudo o que trouxemos da Web Summit facilitou muito esse processo”, frisa o padre António Valério.

Na ótica do utilizador, a nova aplicação do ‘Click to Pray’ trará novidades sobretudo ao nível do “design” e da “utilização do vídeo” e da “partilha de imagens”, incluindo uma “maior facilidade de partilha nas redes sociais”.

“E depois teremos também uma nova secção para campanhas especiais da Igreja Católica. Por exemplo esta última que o Papa Francisco lançou em outubro para que os católicos rezassem o terço todos os dias, com a nova plataforma já seria possível ter essa secção e oferecer uma proposta especial para este pedido”, explicita o padre António Valério.

A plataforma ‘Click to Pray chega atualmente a comunidades cristãs espalhadas por todo o mundo, incluída na Rede Mundial de Oração do Papa, que disponibiliza também o “Vídeo do Papa”, com as suas intenções para os sucessivos meses do ano.

JCP

Partilhar:
Share