Nacional

Braga: Senhora da Aparecida em Balugães reúne «milhares» de peregrinos minhotos

Agência Ecclesia
...

Barcelos, Braga, 14 ago 2014 (Ecclesia) – O Santuário de Nossa Senhora Aparecida, na paróquia de Balugães, arciprestado de Barcelos, espera esta sexta-feira dia da celebração da Assunção de Nossa Senhora, “milhares de devotos” em peregrinação das dioceses de Braga e de Viana do Castelo.

“As celebrações começam dias antes com as novenas e na véspera da peregrinação, esta quinta-feira,  vai ter lugar a grande procissão de velas com o andor da Senhora”, explica o sítio na internet da arquidiocese de Braga.

D. António Moiteiro, bispo auxiliar de Braga, preside à Eucaristia campal, esta sexta-feira, pelas 11h00.

Esta peregrinação arciprestal a Nossa Senhora Aparecida “junta milhares de devotos, sobretudo da zona do Vale do Neiva” começa às 10h00 na Capela de São Bento, também em Balugães, que peregrinam em direção ao santuário no alto do monte de Castro.

Esta peregrinação é considerada interdiocesana porque para além dos fiéis da Zona Pastoral da Aparecida, que pertence ao arciprestado de Barcelos, reúne também fiéis de paróquias de Ponte de Lima, diocese de Viana.

A Arquidiocese de Braga informa que em Balugães, em 1702, “terá ocorrido a primeira aparição mariana em Portugal”, a um jovem pastor, onde depois se construiu “uma pequena capela e, alguns anos mais tarde, de um templo maior (a atual igreja)”.

A atual construção “foi mandada edificar, entre 1707 e 1720, pelo arcebispo de Braga, D. Rodrigo de Moura Teles” e insere-se no estilo neoclássico, com duas torres, e os seus altares de estilo barroco.

CB/OC