A jornada diocesana foi «uma bênção para a paróquia»

Faro, 26 mar 2018 (Ecclesia) – O bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, ficou “extremamente feliz” com o número de jovens presentes na jornada diocesana da juventude, realizada, esta sexta-feira e sábado, em São Bartolomeu de Messines.

A comunidade de São Bartolomeu de Messines mobilizou-se para este acontecimento juvenil e a jornada foi “uma bênção para a paróquia” porque permitiu que esta descobrisse uma “vitalidade escondida”, disse à Agência ECCLESIA D. Manuel Quintas.

Estiveram presentes cerca de quatrocentos jovens das várias paróquias do Algarve que desenvolveram várias atividades, desde o lúdico ao formativo.

“Onde há jovens tem que se misturar tudo até porque eles têm muita criatividade naquilo que são as expressões da própria fé”, realçou o bispo do Algarve.

Os jovens “não são uma aposta de futuro”, mas “uma aposta do hoje”, reconhece o padre Nélson Rodrigues, Responsável pela Pastoral Juvenil da Diocese do Algarve.

Depois de dois dias preenchidos, D. Manuel Quintas espera que os jovens regressem às suas paróquias com “a riqueza recebida” e saiam “com mais coragem e sem medo”.

Ao fazer referência ao Papa Francisco, o bispo do Algarve sublinha que o papa argentino consegue cativar os jovens “pela sua simplicidade, frontalidade e proximidade”.

“Está ali a prova” que, apesar da idade do Papa Francisco, consegue transmitir “uma jovialidade à Igreja que conquista os jovens”, disse o responsável da Pastoral Juvenil da Diocese do Algarve.

LFS

Partilhar:
Share