«Capazes de despertar para o verdadeiro discernimento pessoal e pastoral» – D. João Lavrador

Angra do Heroísmo, Açores, 15 jan 2019 (Ecclesia) – O clero da Diocese de Angra vai reunir-se em retiro, em dois turnos, para fazer os Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola, orientados pelo sacerdote jesuíta Francisco Rodrigues.

“Iremos fazer a experiência dos Exercícios Espirituais de Santo Inácio que ajudarão a descobrimo-nos a nós mesmos e a penetrarmos na sabedoria divina, capazes de nos despertar para o verdadeiro discernimento pessoal e pastoral”, refere D. João Lavrador, numa carta ao seu clero diocesano.

Na informação divulgada pelo sítio online ‘Igreja Açores’, o bispo de Angra realça que a dinâmica proposta para o retiro do clero 2019, os Exercícios Espirituais, “exige” que cada um se disponha a realizá-los “em silêncio e a permanecer todo o tempo no local a eles destinados”.

Neste contexto, D. João Lavrador pede aos padres no Arquipélago dos Açores que participem no retiro com “verdadeiro espírito sacerdotal” e “desejosos de progredir na sua espiritualidade”, tão importante para si e para o seu ministério pastoral.

O primeiro turno de presbíteros vai reunir-se entre 28 de janeiro a 1 de fevereiro, no centro Pastoral Pio XII, em Ponta Delgada; o segundo turno junta-se entre 4 e 8 de fevereiro, na Casa de Retiros de Santa Catarina, em Angra do Heroísmo.

As inscrições, que terminam no próximo domingo, devem ser feitas na Cúria Diocesana de Angra, informa o sítio online ‘Igreja Açores’.

A Companhia de Jesus em Portugal explica que os Exercícios Espirituais do seu fundador são uma “experiência pessoal através da qual um grupo de pessoas se dispõe a estar com Deus num ambiente de silêncio” e, habitualmente, é uma experiência onde a pessoa “pode vir a encontrar aquilo que tanto procura”, como “sentido para os seus dias, serenidade, maior liberdade, paz, alegria de fundo, maior capacidade de servir e de se comprometer com a realidade”.

CB

Partilhar:
Share