Porto, 31 ago 2018 (Ecclesia) – A igreja de São Lourenço (dos Grilos), na Diocese do Porto, vai receber a declamação de ‘Amor de perdição: cartas de Simão e Teresa, por Luís Miguel Cintra, uma visita guiada e um concerto, a 15 de setembro.

Numa nota enviada hoje à Agência ECCLESIA, o reitor do Seminário Maior do Porto, o cónego Alfredo Costa, informa que a iniciativa cultural acontece no dia em que comemoram 20 anos do restauro do órgão de tubos da igreja de São Lourenço.

O programa começa às 18h00, do dia 15 do próximo mês, com a declamação de ‘Amor de perdição: cartas de Simão e Teresa, por Luís Miguel Cintra, e antes do concerto do grupo vocal ‘Cupertinos’, acompanhados pelo músico internacional Ludger Lohmann, tem lugar uma visita guiada ao lugar de culto popularmente conhecido como ‘Igreja dos Grilos’.

O evento faz parte do programa do Festival Internacional de Polifonia Portuguesa da Fundação Cupertino de Miranda, que se realiza de 6 a 9 de setembro, e depois entre dos dias 13 e 16.

A organização explica que o festival, na sua oitava edição, com objetivos de promoção da música polifónica dos séculos XVI e XVII, mas também de “divulgação da história e arquitetura dos espaços por onde este passa, com ligações intrínsecas ao período do Barroco”.

Uma iniciativa cultural que vai passar por diversas cidades, para além do Porto, de Amarante (igreja de São Gonçalo), Braga (igreja dos Terceiros), Coimbra (igreja de Santa Cruz), Guimarães (igreja de São Domingos – Paroquial de São Paio), Vila Nova de Famalicão (Mosteiro de Santa Maria de Landim), Aveiro (Museu de Aveiro- Igreja de Jesus) e primeira vez Oliveira do Bairro (igreja de São Simão – Matriz de Oiã.

Do programa constam concertos, visitas guiadas, o seminário ‘O Barroco e a Polifonia em Portugal’ e declamações e em cada edição do festival a Fundação Cupertino de Miranda publica um livro bilingue, em português e inglês.

CB

Partilhar:
Share