Lisboa, 06 fev 2019 (Ecclesia) – A obra «Vicente. Símbolo de Lisboa. Mito Contemporâneo» vai ser lançado dia 16 de março, pelas 16h00, no Museu de Lisboa – Palácio Pimenta.

A obra ilustrada é composta por ensaios de autores como D. José Tolentino Mendonça, José Eduardo Franco, José Sarmento de Matos, Pedro Picoito; e prefácio de Peter Hanenberg e posfácio de António de Castro Caeiro, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA

Antes, de 02 de fevereiro a 28 de abril, vai estar patente ao público, no mesmo local da capital portuguesa a exposição «Vicente. O Mito em Lisboa» que tem como curador Mário Caeiro.

Nela percorrem-se “várias dimensões e linhas de investigação do mito vicentino através de diversos objetos e linguagens artísticas, obras de escultura, performance, instalação, pintura, vídeo, desenho, ilustração e texto”, lê-se no site do município de Lisboa.

São Vicente foi diácono e mártir, padroeiro principal da diocese do Algarve e do patriarcado de Lisboa, que a Igreja católica evoca liturgicamente a 22 de janeiro.

LFS

Partilhar:
Share