Gondomar, 13 jul 2018 (Ecclesia) – Os Franciscanos Capuchinhos vão assinalar 60 anos de presença no Concelho de Gondomar numa celebração que comemora também os 50 anos de sacerdócio de frei António Pojeira e frei Acílio Mendes, a partir das 16h00, de 21 de julho.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, a organização informa que a sessão evocativa começa por recordar o primeiro momento da chegada dos Capuchinhos a Gondomar até à atualidade por frei Vítor Arantes, às 16h00, na cripta da igreja.

Em 1958, os Capuchinhos estabeleceram-se na casa-solar da antiga Quinta da Bouça-Cova que compraram para ser o Seminário Menor e começou por receber 87 seminaristas.

O segundo momento celebrativo é a Eucaristia com os sacerdotes Jubilados – frei António Pojeira e frei Acílio Mendes – a partir das 19h00, na igreja de Nossa Senhora Mãe dos Homens, em Gondomar.

A Província Portuguesa da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos foi criada a 29 de junho de 1969, os religiosos já tinham fraternidades em Barcelos, Porto, Gondomar, Fátima, Lisboa e Coimbra.

Os Franciscanos Capuchinhos surgiram em 1525, o nome surgiu pelo povo pela forma do capuz do hábito.

CB

Partilhar:
Share