113 escolas e 88 paróquias abriram as suas portas para acolher os participantes nas atividades da «pré-jornada»

Cidade do Panamá, 21 jan 2019 (Ecclesia) – O presidente da Comissão Episcopal do Laicado e Família (CELF), D. Joaquim Mendes, disse à Agência ECCLESIA que o Panamá vive um clima de festa para receber o Papa e os participantes na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2019.

“O ambiente é de festa, de alegria, por parte de quem acolhe – voluntários, famílias, paróquias, população local – quer por parte de quem é acolhido, sentindo-se em casa, em família, rodeado de solicitude e de atenção”, assinala o bispo português, que participou nas atividades da chamada “pré-jornada”, em várias dioceses panamenhas.

Segundo a organização do evento, os “Dias nas Dioceses”, com celebrações religiosas e culturais em várias localidades do Panamá, reuniram mais de 14 mil peregrinos; 113 escolas e 88 paróquias abriram as suas portas para acolher os participantes.

“Eu mesmo me sinto em ‘casa’, quer com os jovens, quem com os adultos com que me vou encontro, quer nas comunidades onde celebro a Eucaristia”, refere D. Joaquim Mendes, em declarações à Agência ECCLESIA.

A organização da JMJ 2019 estima que, desde 9 de janeiro, mais de 27 mil pessoas entraram no Panamá, entre peregrinos e voluntários; os países mais representados são a Colômbia, Polônia, Brasil, Estados Unidos da América, México e Guatemala.

“É a beleza da Igreja, aqui enriquecida com a presença dos jovens de todo o mundo, que são o seu presente e o seu futuro, fonte de grande alegria e alegria e de grande esperança”, observa o presidente da CELF.

O responsável da Conferência Episcopal Portuguesa que acompanha o setor da Pastoral Juvenil mostra-se impressionado com a quantidade de famílias que “acolhem, cuidam, levam a conhecer a cidade, transportam aos lugares de encontro”.

“Não há estrangeiros nem estranhos, mas irmãos e irmãs que eram esperados e que partilham a mesma fé, o mesmo Batismo, o mesmo Evangelho, unidos pelo Espírito de Cristo ressuscitado”.

D. Joaquim Mendes esteve na cidade de Colón, num encontro de pré-jornadas, com jovens de vários países, “celebrando a alegria de estar juntos, em clima de festa, de convívio, de oração, que espantavam e contagiavam as forças de segurança e de apoio sanitário que ali se encontravam”.

O Panamá vai receber mais de 300 portugueses, incluindo 30 voluntários, de 12 dioceses e quatro movimentos, acompanhados por seis bispos na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2019, que se inicia esta terça-feira, um dia antes da chegada do Papa Francisco ao país da América Central.

OC

 

Redes Sociais

Existem três hashtags principais para a JMJ 2019: #Panama2019 #FranciscoEnPanama #JMJestáAqui

Há hashtags específicas para locais e eventos na cidade do Panamá durante a semana da Jornada Mundial da Juventude.

Feira de Vocações – #FollowMeWYD

Parque do Perdão – #RenewMeWYD

Festival da Juventude- #RejoiceWYD

Eventos da Catequese pela cidade – #CatechesisWYD / #CatequesisJMJ

Atividades dos Voluntários – #WYDVolunteers / #VoluntariosJMJ

Imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima – #FatimaPanama

Missa de Abertura – #JMJestáAqui / #WYDisHere #CampoSantaMaria

Chegada do Papa – #PontifexPanama , #FranciscoEnPanama

Acolhimento do Papa – #WelcomeFrancis , #BienvenidoPapa , #PontifexPanama

 

 

JMJ 2019: Portugueses partem para o Panamá para a Jornada Mundial da Juventude

Partilhar:
Share