Lisboa, 25 jan 2019 (Ecclesia) – Os dias finais da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que decorre no Panamá até domingo, sob a presidência do Papa Francisco, vão ser acompanhados por milhares de jovens em Portugal, em iniciativas promovidas pelas dioceses católicas.

Na Diocese do Porto, o ‘Panamá in Douro’, entre sábado e domingo, espera reunir 2 mil pessoas no pavilhão multiusos de Gondomar; os jovens serão acolhidos em diversos pontos da Vigararia, seguindo para o pavilhão, onde decorrerão atividades de aprendizagem, partilha e reflexão; para a noite estão reservados os concertos musicais e a “grande Vigília de Oração”.

A manhã de domingo vai ser de reflexão e oração culminando com a Eucaristia, para a qual o bispo do Porto dirigiu um convite a todos os jovens que queiram participar.

O Patriarcado de Lisboa vai promover a atividade ‘JMJ made in Pana/Cá’, com transmissão em direto do encontro mundial de jovens desde o Panamá, no sábado e domingo, na Paróquia do Parque das Nações.

“A atividade surgiu em contexto de vigararia, para nos podermos juntar, partilhar e vermos um bocadinho da experiência da vigília das jornadas e a Missa de encerramento”, explicou Daniela Calças, da Equipa Vicarial de Jovens de Lisboa II, em declarações à Agência ECCLESIA.

A ‘JMJ made in Pana/Cá’ vai começar com a peregrinação a partir da Gare do Oriente, às 19h00 de sábado, até à igreja do Parque das Nações, e termina após a Eucaristia da JMJ, que começa às 13h00 (hora de Lisboa) na tarde de domingo.

Na Madeira, o Secretariado da Pastoral Juvenil da Diocese do Funchal promove uma Vigília de Oração para os jovens, às 21h00 de sábado, como “forma de participar e estar em comunhão com o Papa e os jovens do mundo inteiro”.

A Diocese de Lamego promove no mesmo dia o ‘JMJ café’, a partir das 21h00, no Seminário de Resende.

Este domingo, um grupo de jovens que participaram em várias Jornadas Mundiais da Juventude, com o apoio do Departamento da Pastoral Juvenil Universitária e Vocacional e do Movimento dos Convívios Fraternos, vão promover um “Live Panamá”, no Seminário da Guarda, das 10h30 às 15h30.

O Secretariado da Pastoral Juvenil de Viseu vai realizar, entre sábado e domingo, um encontro com jovens que estão impossibilitados de estar presentes no Panamá.

O desafio foi “aceite” e em dois locais da diocese, Sátão e Oliveira de Frades, ocorrerá o “Fim-de-semana JMJ”, tendo como objetivo permitir aos jovens portugueses, mas em especial aos jovens da Diocese de Viseu, que não podem viajar para o Panamá, “mas que querem estar em direto e em sintonia” com o Papa Francisco, “viverem à distância, todo o espírito JMJ”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Na Diocese de Bragança-Mirada, o Secretariado da Pastoral Juvenil Vocacional da Diocese de Bragança-Miranda vai promover também entre sábado e domingo a iniciativa ‘Do Panamá a Vinhais’.

Em comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a irmã Conceição Borges, da organização, explica que o evento pretende ser “uma ligação orante entre a diocese transmontana e as Jornadas Mundiais da Juventude que se realizam no Panamá”.

O programa da iniciativa ‘Do Panamá a Vinhais, aberta a todos os jovens do território, inclui uma vigília de oração, no sábado, pelas 21h00 na igreja matriz de Vinhais; e uma ligação em direto ao Panamá, às 23h00, para acompanhamento em direto da vigília do Papa Francisco com os jovens; no domingo, tem lugar em Vinhais uma Eucaristia a partir das 11h00, com uma cerimónia de entrega da Cruz.

Nos Açores, o Serviço Diocesano de Apoio à Pastoral Juvenil de Angra dinamiza um ‘Retiro Shalom Diocesano’, onde vão rezar pelo sucesso da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Panamá, entre hoje e 27 de janeiro, na ilha do Pico.

Portugal participa nas JMJ 2019 com cerca de 300 elementos de várias dioceses e movimentos, a que se somam 30 voluntários, acompanhados por seis bispos.

OC

Partilhar:
Share