Aveiro, 19 jan 2019 (Ecclesia) – O Secretariado Diocesano de Liturgia de Aveiro divulgou diversas atividades locais onde se destacam as datas de apresentação, formação e nomeação dos novos Ministros Extraordinários da Comunhão (MEC).

O Secretariado Diocesano de Liturgia de Aveiro informa que a apresentação de candidatos a MEC termina a 25 de fevereiro, sem esquecer a documentação necessária, e não garante a sua apresentação de novos agentes para este ano pastoral “após a data indicada”.

Entre outras orientações, os Ministros Extraordinários da Comunhão devem ter a idade mínima de 25 anos, “celebrado os três Sacramentos da Iniciação Cristã” e dar “provas de maturidade humana e cristã, revelarem amor ao Santíssimo Sacramento, recomendarem-se por uma fé esclarecida e preparação doutrinal adequada”.

Depois a formação para os candidatos está marcada para 9 de março, das 10h00 às 16h30, no auditório do Seminário de Santa Joana Princesa da Diocese de Aveiro.

O bispo diocesano, D. António Moiteiro, vai nomear os novos MEC na Eucaristia do primeiro domingo da Quaresma, às 19h00 de 10 de março, na catedral; Antes da celebração há um encontro para todos os candidatos a partir das 17h00, no salão paroquial de Nossa Senhora da Glória.

A primeira formação para visitadores de doentes e ministros extraordinários da comunhão é este domingo, 20 de janeiro, com o tema ‘O Espírito Santo que anima, compromete e envia’, das 15h00 às 17h00, no seminário diocesano, e já estão agendas mais duas, dias 17 de fevereiro – Batismo, caminho de santidade – e 19 de maio.

Já o pedido de “recondução” de Ministros Extraordinários da Comunhão deve ser enviado para o Secretariado Diocesano de Liturgia de Aveiro até 31 de maio.

Segundo a programação divulgada no sítio online da Diocese de Aveiro, destaque para a quarta Jornada Diocesana de Liturgia, para todos os ministros da pastoral litúrgica e outros interessados, a 1 de junho, na Paróquia de Avanca.

CB

Partilhar:
Share