Cidade do Vaticano, 17 jan 2019 (Ecclesia) – O Papa recebeu hoje no Vaticano os agentes policiais que desempenham a sua missão no pequeno Estado e suas imediações, elogiando a sua ação de “proximidade” e pedindo “paciência e compreensão” perante peregrinos e turistas.

“É frequentemente reconhecida a vossa competência e sensatez ao enfrentar as várias situações, inclusive as mais críticas, e também quero dar-vos crédito por isso. Agradeço-vos muito pelo profissionalismo e a generosidade; exorto-vos a perseverar e procurar o melhor no vosso estilo de trabalho, esforçando-vos por acolher todos com muita paciência e compreensão, sobretudo naqueles momentos em sobressaem o cansaço ou o peso de situações desagradáveis”, declarou, no tradicional encontro de início de ano com os dirigentes e pessoa do Inspetorado de Segurança Pública.

O pontífice falou em “especialistas em proximidade”, que trabalham dia e noite, independente das condições meteorológicas.

“Quando penso na vossa disponibilidade e no vosso espírito de sacrifício, sinto admiração e edificação, também alguma vergonha quando penso em muitas pessoas que se dizem cristãs e que não estão à altura do vosso exemplo”, declarou Francisco.

OC

Partilhar:
Share