Cidade do Vaticano, 13 fev 2019 (Ecclesia) – O Papa recebeu hoje no Vaticano o presidente da Microsoft, Brad Smith, para uma conversa sobre inteligência artificial, informou a Santa Sé em comunicado.

O porta-voz da sala de imprensa, Alessandro Gisotti, explicou que o encontro foi “privado” e que o presidente do Academia Pontifícia para a Vida (APV), D. Vincenzo Paglia, também esteve presente.

“Durante o encontro, Smith falou da Inteligência Artificial ao serviço do bem comum, tema ao qual será promovido um prémio internacional” com a APV, adianta o Vaticano.

Em declarações aos jornal da Santa Sé, “L’Osservatore Romano’, Brad Smith afirma que o uso das redes sociais “é complementar ao encontro em carne e osso” e que “qualquer nova tecnologia do vasto impacto social vai exigir novas leis”.

A APV vai promover, de 25 a 27 de fevereiro, no Vaticano, uma assembleia dedicada ao tema ‘Roboética. Pessoas, máquinas e saúde’.

O organismo fundado por São João Paulo II tem novos estatutos de 2016, com o objetivo de fazer com que a sua reflexão tenha em conta “o crescente ritmo da inovação tecnológica e científica”.

A carta defende uma “bioética global”, com atenção às repercussões do meio ambiente na vida e na saúde, para “aprofundar a nova aliança do Evangelho e da criação”.

Em 2020, o Vaticano vai promover uma assembleia sobre a Inteligência Artificial.

OC

Partilhar:
Share